Com dois de Valência, Equador bate Honduras e segue vivo no grupo E

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2014 20h57
Valência empata para o Equador contra HondurasValência empata para o Equador contra Honduras

Vivo na competição. Foi assim que o Equador saiu da Arena da Baixada, nesta sexta-feira (20), depois de bater Honduras por 2 a 1, de virada, com dois gols de Enner Valência. O resultado tirou quase todas as chances dos hondurenhos avançarem para as oitavas-de-final.

Em jogo muito pegado, as duas equipes protagonizaram muita correria em busca de uma vitória para seguir vivo no grupo E, que também conta com França e Suíça.

Na próxima quarta-feira (25), as quatro equipes brigarão pelas duas vagas do grupo. Honduras e Suíça duelam na Arena Manaus e Equador e França medem forças no Maracança.

O jogo

O primeiro tempo começou com as duas equipes marcando muito forte na Arena da Baixada. Vindo de derrota, as seleções abusavam na precaução para não saírem atrás no placar.

A primeira real chance de balançar as redes foi dos equatorianos. Aos 19 minutos, Caicedo deu lindo passe para Enner Valência que, cara a cara com o goleiro Valladares, finalizou para fora e desperdiçou chance incrível.

A resposta hondurenha veio nos pés de Bernardez. Após escanteio, zagueiro testou firme e bola passou muito perto da trave defendida pelo goleiro equatoriano Dominguez. Ainda assim, era muito pouco para quem queria balançar as redes.

Contudo, aos 30 minutos, a zaga equatoriana compensou a falta de criatividade dos hondurenhos. Lançamento do campo de defesa atingiu Costly, que escapou sozinho na intermediária ofensiva. O atacante dominou e mandou a bomba de canhota para o fundo do gol de Dominguez.

A felicidade dos hondurenhos não durou muito. No lance seguinte, aos 33 minutos, Enner Valência, que já havia marcado na estreia equatoriana, recebeu cruzamento dentro da área, aproveitou o apagão da zaga adversária, e completou para as redes.

No último lance da primeira etapa, Honduras balançou as redes, mas de forma irregular. Depois de levantamento, Costly desviou e mandou na trave. No rebote, Bengtson completou para as redes com o braço esquerdo. O árbitro, bem posicionado, vê o toque irregular e invalida o segundo gol hondurenho.

 Tentando evitar uma desclassificação, Honduras foi para cima do Equador logo no início. Após boa troca de passes, Beckeles dominou e arriscou de fora da área. O goleiro Domínguez fez ótima defesa e evitou o segundo dos hondurenhos.

Aproveitando os espaços dados pela zaga equatoriana, Honduras continuou em cima do adversário. Aos 14 minutos, Bengston recebeu e arriscou de fora. Bola desviou em Erazo e dificultou a boa defesa de Domínguez.

Honduras acabou pagando caro por não ter convertido suas chances em gol. Aos 19 minutos, em cobrança de falta, Ayoví levantou na área, Valência subiu sozinho e testou para o fundo das redes.

Aos 31 minutos, houve o lance mais polêmico da segunda etapa. Em bola na área, Erazo segurou Costly. O atacante caiu e pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

Depois de muita briga, as duas equipes não conseguiram mais agredir as defesas adversárias. Consciente, o Equador tocou a bola e administrou o resultado favorável.