Com gol de Benzema, Real Madrid abre vantagem na semifinal contra Bayern

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2014 17h37
Benzema marca o gol da vitória do Real Madrid

Com Cristiano Ronaldo em campo, o Real Madrid fez valer o fator casa e saiu na frente da semifinal da Liga dos Campeões. Apesar da pressão e da grande posse de bola do Bayern de Munique, típica dos times de Guardiola, o clube espanhol abriu vantagem com Benzema e segurou o resultado até o fim. Com o resultado, o Real Madrid fica a um empate de garantir a vaga na grande final.

Real Madrid e Bayern de Munique fizeram um primeiro tempo digno de campeões. O duelo entre o vencedor da Copa do Rei e o vencedor do Campeonato Alemão foi bastante equilibrado. O time de Pep Guardiola fez valer a posse de bola e ganhou muitos escanteios, mas quem abriu o placar foi o time madrilenho, aos 18 minutos. Depois de bela enfiada de Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão cruzou e o francês colocou para dentro, sem chances para Neuer.

O Bayern tentou colocar pressão, mas de novo quem teve a melhor chance foi o Real Madrid. Coentrão cruzou mais uma bola e Cristiano Ronaldo desperdiçou, chutando por cima do gol. O time alemão arriscou aos 30 com Mandzukic, que cabeceou depois de cruzamento de Robben.

O astro holandês foi quem mais arriscou, mas não conseguiu furar a defesa do time da casa, que esteve bem fechada na primeira etapa. E no contra-ataque, o Real teve mais uma oportunidade, quase no fim, com Di María. Ele recebeu bola pela direita, sozinho, e chutou muito forte, por cima do gol de Neuer.

O segundo tempo começou mais aberto, e Cristiano Ronaldo foi o primeiro a arriscar bola cruzada, exigindo boa defesa do goleiro do Bayern. Aos 16 minutos Robben arrancou no contra-ataque, mas na hora do chute a bola sai fraca, sem perigo para Casillas.

O Real Madrid passou a se defender mais a partir da metade da segunda etapa e sofreu pressão do Bayern, que fez alterações ofensivas, colocando Mueller e Gotze no jogo. Pelo lado do time da casa, Cristiano Ronaldo, que era dúvida antes do jogo, deu lugar a Bale, que também não estava 100%.

A pressão do time alemão foi grande nos instantes finais da partida, e aos 46 Muller reclama de pênalti cometido por Xavi Alonso, mas o juiz manda seguir. Apesar da insistência, a defesa do Real não deixou a bola passar e garantiu a vitória.

Os dois times volta a se enfrentar na próxima terça-feira em Munique. O Real tem a vantagem de jogar por um empate. A outra partida da semifinal acontece na quarta-feira, entre Chelsea e Atlético de Madrid. No jogo de ida, na Espanha, o resultado foi 0 a 0. A grande final da Liga dos Campeões está marcada para o dia 24 de maio no Estádio da Luz, em Lisboa.