Com gol mal anulado, Palmeiras fica no empate contra o Grêmio fora de casa

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2014 17h52

Diogo teve gol mal anulado que poderia ter mudado a história da partida

Palmeiras e Grêmio ficam no 0x0 em Caxias do Sul

Em partida marcada por vontade e pouca qualidade técnica, Palmeiras e Grêmio não saíram do 0x0 no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A equipe paulista ainda foi prejudicada por um gol mal anulado de Diogo, que estava em condição legal, no segundo tempo.

Um pressionado Palmeiras, vindo de duas derrotas consecutivas, mostrou nervosismo desde o pontapé inicial. O Grêmio aproveitou a instabilidade do rival e começou pressionando, conseguindo boas chances.

Logo no primeiro lance de partida, o atacante Barcos levou perigo em cabeçada que passou perto do travessão de Fábio. Especialmente com Dudu pelo lado esquerdo, aproveitando os espaços deixados pelo lateral Wendel, o time gaúcho deixou o Palmeiras acuado no campo de defesa.

Em um verdadeiro bombardeio, aos 5 minutos, o argentino teve ótima chance aproveitando cruzamento de Dudu, mas mandou por cima da meta. Aos 17, mais um chute agudo, desta vez de Rodriguinho, após linda troca de passes entre Barcos e Dudu.

A pressão gremista, entretanto, começou a perder fôlego na metade do primeiro tempo. O time paulista passou a controlar a partida, com William Matheus aparecendo bem pela esquerda. Aos 30 minutos, um lance inacreditável: Felipe Menezes, se redimindo de chute grotesco em lance anterior, aproveitou cruzamento do lateral e, sozinho, mandou para o gol. A bola desviou em Diogo e bateu caprichosamente na trave.

O início do segundo tempo contabilizou uma polêmica para cada lado. Barcos avançou pela área palmeirense e foi derrubado pelo zagueiro Wellington que tropeçou no gramado. O árbitro mandou a bola seguir. Aos 7 minutos, Diogo, em condição legal, completou de cabeça para o fundo do gol, após cruzamento; o árbitro, no entanto, assinalou impedimento.

Aos 15 minutos, Palmeiras aumentou a pressão e teve boas chances com Felipe Menezes, de falta, e Henrique, de cabeça. A partir daí, as equipes alternaram bons momentos.

Equilibrando o jogo, Grêmio e Palmeiras passaram a apostar na correria e vontade. Kleber, o Gladiador, buscou puxar os contra-ataques dos gaúchos, enquanto Marquinhos Gabriel arrancava para os paulistas. Mesmo assim, o placar não foi alterado.

Após a parada da Copa do Mundo, o Palmeiras terá pela frente clássico contra o Santos, em 16 de julho. Já o Grêmio enfrenta o Goiás, em casa, no mesmo dia.