Com gol no fim, Espanha cai diante da Eslováquia pelas Eliminatórias da Euro

  • Por Agencia EFE
  • 09/10/2014 18h52
A Espanha sofreu um gol no final da partida e foi derrotados após ficar 18 jogos sem perder em Eliminatórias

A Espanha perdeu invencibilidade de 36 jogos em eliminatórias de Eurocopa nesta quinta-feira, com a derrota sofrida em Zilina para a Eslováquia por 2 a 1, pela segunda rodada da competição classificatória do torneio continental de 2016.

O jogo foi dramático para os donos da casa, que não tinham conseguido bater o atual bicampeão continental em quatro confrontos anteriores (foram três derrotas e um empate). O gol da vitória foi anotado aos 42 minutos da etapa, pelo meia-atacante Miroslav Stoch.

O placar foi aberto pelos eslovacos na primeira etapa, aos 17, quando o meia Juraj Kucka cobrou falta da intermediária e contou com falha de Iker Casillas para marcar. Aos 37 minutos do segundo tempo, Paco Alcácer, em posição duvidosa, balançou as redes em posição duvidosa e quase salvou a marca espanhola.

A última derrota da Espanha nestes torneios aconteceu em 7 de outubro de 2006, para a Suécia por 2 a 0. Apesar do resultado negativo, ao término da competição, os então comandados por Luis Aragonés conseguiram chegar ao primeiro lugar do grupo F.

O jogo de hoje disputado no estádio MSK Zilina foi mais um em que Diego Costa passou em branco com a camisa dos bicampeões europeus, mesmo tendo atuado por 90 minutos. Esta é a sexta vez que o brasileiro nascido na cidade sergipana de Lagarto saiu de campo sem marcar gols.

Com a vitória, a Eslováquia assume a liderança isolada do grupo C das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016. A seleção do país do Leste Europeu tem seis pontos, sendo que os três primeiros foram obtidos em importante vitória sobre a Ucrânia, fora de casa.

A Espanha segue com três pontos, mas agora tem a companhia de ucranianos e macedônios, que hoje levaram a melhor em duelos com Belarus (2 a 0) e Luxemburgo (3 a 2), respectivamente. Os dois derrotados de hoje têm apenas um ponto.

A próxima rodada da chave será disputada neste domingo, quando eslovacos e espanhóis jogarão longe de seus domínios. Os líderes da chave pegarão os bielorrussos, enquanto os bicampeões continentais pegarão os luxemburgueses.