Com Jemina Sumsong, Quênia conquista 1º ouro na maratona feminina na sua história

  • Por Agência EFE
  • 14/08/2016 13h41

Jamina JelagatJamina Jelagat

A queniana Jemina Jelagat Sumsong conquistou neste domingo, nos Jogos do Rio de Janeiro, a primeira medalha de ouro de seu país na maratona feminina em toda a história ao cruzar a linha de chegada no Sambódromo em primeiro lugar com uma boa arrancada no trecho final de prova.

Sumsong atacou a bairenita de origem queniana Eunice Kirwa a cerca de dois quilômetros do fim e a deixou com a medalha de prata. A atleta que representa o Quênia obteve o tempo de 2h24min04s, e a diferença entre elas foi de apenas 9s. O Bronze foi para a etíope Mare Dibaba, atual campeã mundial.

As duas brasileiras que participaram da prova não foram bem. Aparecida da Silva ficou com o 69º lugar, e Marily dos Santos, com o 78º.