Com Lucca “endiabrado”, Corinthians bate o Cerro e volta à liderança do Grupo 8

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2016 23h42
SP - CORINTHIANS E CERRO PORTEÑO - ESPORTES - O jogador Lucca do Corinthians comemora gol durante a partida entre Corinthians SP e Cerro Porteño válida pela Copa Libertadores da América 2016 no Estádio Arena Corinthians em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (16). 16/03/2016 - Foto: RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOLucca marcou um gol e participou do outro na vitória corintiana diante do Cerro Porteño

O Corinthians tem tentado, nos últimos dias, contratar de forma definitiva Lucca junto ao Criciúma. Na noite desta quarta-feira (16), o atacante deu mais um bom motivo para que o clube continue se esforçando. Na verdade, foram dois motivos: Lucca foi fundamental nos dois gols da vitória corintiana sobre o Cerro Porteño, na Arena de Itaquera, pela Libertadores, diante de mais de 42 mil torcedores.

O Timão se impôs em campo desde os primeiros movimentos. Logo aos 4 minutos, Maycon, revelação da base que vem conquistando espaço como titular, já mostrou para que veio: Luciano rolou, o volante dominou e bateu para acertar a trave. Apesar da boa chance, o domínio corintiano se refletiu mais na posse de bola do que na criação de chances.

A próxima boa chance só veio aos 22 minutos, mas foi definitiva. Fagner fez boa jogada pela direita e acionou Bruno Henrique, que chutou travado com a marcação. A bola sobrou para Lucca, livre pelo lado esquerdo da área, pegar de primeira e acertar o ângulo. O gol inspirou o alvinegro, que aumentou a velocidade, chegou com perigo e quase ampliou com o próprio Lucca.

Depois do intervalo, o panorama mudou pouco. O Cerro Porteño mostrava dificuldades para atacar, enquanto o Timão seguia criando oportunidades de tempos em tempos. Lucca, endiabrado, deu um chapéu em Mareco, invadiu a área e finalizou para grande defesa de Anthony Silva. Se estava difícil ampliar com as próprias forças, o time brasileiro contou com a ajuda do adversário: Lucca (de novo) cruzou da esquerda, Mareco tentou cortar de cabeça e desviou a bola para o próprio gol.

Com a vitória garantida, o Corinthians ficou com mais tranquilidade para tentar ampliar o placar. Luciano quase conseguiu ao sair na cara do gol depois de cavadinha de Maycon, mas mandou por cima. Aos 35 minutos, contudo, o Cerro deu sinal de vida com boa jogada dentro da área que terminou com finalização de Bonet para defesa de Cássio.

A vitória recolocou o alvinegro na liderança do Grupo 8 da Libertadores, agora com nove pontos. O Santa Fe, que venceu o Cobresal, chegou a sete pontos e ultrapassou o Cerro Porteño, que também tem sete, mas tem menor saldo de gols. Na próxima rodada, o Timão vai a Bogotá enfrentar o Santa Fe, enquanto o Cerro visita o Cobresal no Chile.