Com Rafinha entre titulares, Micale trabalha esquema ofensivo para Rio 2016

  • Por EFE
  • 27/07/2016 22h21
Seleção olímpica

A seleção brasileira deverá encarar a disputa pelo ouro inédito nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro com uma formação ofensiva, pelo menos pelo que pôde ser visto no treino desta quarta-feira na Granja Comary, onde o técnico Rogério Micale escalou o meia-atacante Rafinha entre os titulares, além do trio formado por Neymar, Gabriel Jesus e Gabigol.

Na última atividade em Teresópolis, na região serrana do Rio, antes do amistoso contra o Japão, no próximo sábado, o técnico Rogério Micale retomou a rotina de organizar um coletivo entre os jogadores e dividiu o grupo em dois, com os teóricos atacantes titulares em um e os defensores em outro.

Micale montou o time no 4-3-3, com Thiago Maia como volante e Rafinha e Felipe Anderson nas meias. O ataque novamente contou com Neymar na esquerda, Gabigol na direita e Gabriel Jesus centralizado. No fim da atividade, o treinador esboçou um 4-2-4, com Luan na vaga de Felipe Anderson.

Sem a presença de Fernando Prass, que está com uma inflamação no cotovelo direito, o treino teve Uilson como goleiro titular. Daniel Fuzato, do sub-20 do Palmeiras, também participou da atividade e se sentará no banco de reservas diante dos japoneses.

A delegação viaja ainda hoje para Goiânia e enfrentará a seleção asiática no sábado no Serra Dourada, na última partida antes da estreia nos Jogos Olímpicos. A caminhada em busca do título começará em 4 de agosto, contra a África do Sul, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.