Com sofrimento, Real Madrid derrota Ludogorets por 2 a 1 na Bulgária

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2014 17h40
Cristiano Ronaldo perdeu um

Foi difícil, mas o Real Madrid venceu o Ludogorets por 2 a 1 e dispara na liderança do grupo B da Liga dos Campeões. A vitória de virada, em Sofia, na tarde desta quarta-feira, deixou os espanhois com 6 pontos e abre três de vantagem para Liverpool e Basel. Já os búlgaros caíram para a lanterna do grupo.

Com gol de Marcelinho logo aos 6min, o Real Madrid teve a chance de empatar a partida logo aos 10min, quando o árbitro da partida assinalou um pênalti em cima de Chicharito. Cristiano Ronaldo foi para cobrança, mas o goleiro Stoyanov voou e fez uma linda defesa. Mas não demorou muito para os madrilenhos empatarem o jogo, quando em novo pênalti para os espanhois, de Minev em Ronaldo, o CR7 foi para cobrança e conseguiu acertar o alvo. No segundo tempo, após a entrada de Benzema no lugar de Chicharito, o francês conseguiu fazer o gol da vitória do Real Madrid sobre os búlgaros.

O próximo jogo dos espanhois vão ser um grande clássico. O maior vencedor de Liga dos Campeões recebem o Liverpool, no Santiago Bernabeu, no dia 22/10, às 16h45 (de Brasília). Os ingleses são os maiores vencedores do torneio internacional na terra da rainha e necessitam de pontos para não ver os madrilenhos escaparem na liderança da chave.

Já o Ludogorets faz o seu segundo jogo em casa, quando receberá o Basel em Sofia, no dia 22/10, às 16h45 (de Brasília). Os búlgaros estão na última posição do grupo B com nenhum ponto. Pois na primeira rodada foram derrotados para o Liverpool, em Anfield Road, por 2 a 1.

O jogo – O jogo começou em um ritmo alucinante. Com o Ludogorets abrindo o placar logo aos 6min do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo de Fábio Espinho, a bola foi desviada na primeira trave e sobrou para o brasileiro Marcelinho abrir o placar em Sofia. Este foi o gol mais rápido sofrido pelo Real Madrid em uma fase de grupos da Liga dos Campeões.

Após sofrer o gol, o Real Madrid começou a pressionar mais a saída de bola dos búlgaros e o encurralaram no campo de defesa. Tanto é que chegou com muito perigo aos 7min quando Cristiano Ronaldo recebeu um belo passe de Marcelo que devolveu com um belo toque de calcanhar para Bale. O galês chutou de primeira e a bola passou perto da trave de Stoyanov.

Não demorou muito para o Real ter mais uma grande chance de gol. Aos 10min, Minev deu um carrinho em Chicharito e cometeu pênalti. Cristiano Ronaldo foi para cobrança, mas o goleiro Stoyanov voou para fazer uma linda defesa.

Mas mesmo com este pênalti perdido, o Real Madrid não se descontrolou e chegou ao empate após o Ludogorets cometer mais uma penalidade. Desta vez Moti derrubou Cristiano Ronaldo na área. O próprio camisa 7 foi para cobrança e desta vez acertou o gol de Stoyanov.

Após o gol de empate, os espanhóis começaram a pressionar muito os búlgaros no campo de defesa e quase chegou a virada aos 31min, em cabeçada de Chicharito e depois aos 33min de novo com o mexicano.

No segundo tempo o Real Madrid começou pressionando muito e quase chegou ao gol da virada logo no primeiro minuto. Quando Cristiano Ronaldo fez jogada individual pela esquerda e chutou cruzado e rasteiro, a bola passou perto da trave do goleiro búlgaro.

Aos 6min outra grande chance madrilenha. Isco cobrou falta na cabeça de Bale, o goleiro búlgaro fez uma defesa sensacional e evitou o gol da virada espanhola e depois aos 10min com Chicharito. Porém, os búlgaros não estavam apenas se defendendo e chegou com perigo ao gol de Casillas com Marcelinho. O brasileiro arriscou um belo chute de fora da área, mas o goleiro espanhol fez uma defesa fantástica.

O Real Madrid quase chegou com muito perigo aos 22min, quando Cristiano Ronaldo recebeu passe de Benzema e matou a bola de forma mágica. O português chutou de direita, mas Aleksandrov salvou o gol em cima da linha.

O gol da virada não demorou a sair. Aos 31min Marcelo fez belo cruzamento, na medida, para Benzema. O camisa 9 acertou um belo chute de esquerda no canto de Stoyanov.

No final, o Ludogorets ainda pressionou os espanhóis e chegou a assustar o goleiro Casillas com bolas cruzadas na área. Mas em nenhum momento o goleiro espanhol foi obrigado a fazer grande defesa. Sorte dos madrilenhos que os búlgaros cansaram nos minutos decisivos da partida.