Com Splitter discreto, Spurs abrem 1 a 0 na série contra os Blazers

  • Por EFE
  • 07/05/2014 03h51
Spurs

O San Antonio Spurs, do pivô brasileiro Tiago Splitter, começou com força total nesta terça-feira as semifinais da Conferência Oeste contra o Portland Trail Blazers ao ganhar por 116 a 92 a primeira partida da série de melhor de sete.

Splitter começou o jogo entre os cinco titulares e esteve em quadra por 29 minutos. O brasileiro teve atuação discreta, com cinco pontos, cinco rebotes e três roubadas de bola.

A superioridade dos texanos foi constante no duelo e o armador francês Tony Parker foi o líder das ações ofensivas da equipe com 33 pontos, nove assistências e três rebotes.

Junto a Parker, outros cinco jogadores tiveram números de dois dígitos, incluídos três reservas. O ala-armador italiano Marco Belinelli foi o segundo cestinha da equipe com 19 tentos, enquanto o armador australiano Patty Mills e o ala-pivô Aron Baynes – que pegou sete rebotes – anotaram dez pontos cada um.

O ala Kawhi Leonard foi novamente o melhor jogador de defesa do San Antonio com 16 pontos, nove rebotes, oito deles em seu próprio garrafão, quatro bolas roubadas e uma assistência.

O veterano Tim Duncan anotou um double-double de 12 pontos e 11 rebotes, além de dois tocos, e ajudou – junto com Leonard e Splitter – na marcação do gigante LaMarcus Aldridge, o principal nome do Portland, que terminou a partida com um double-double de 32 tentos e 14 rebotes.

O Portland não conseguiu resistir à pressão defensiva dos comandados de Gregg Popovich, eleito o melhor treinador da temporada regular. Os Spurs forçaram 20 turnovers pelo lado dos Blazers e fizeram com que a sua principal arma na série anterior contra os Rockets, as cestas de três pontos, fosse completamente anulada.

Aldridge foi o único capaz de manter um bom nível individual, enquanto o armador Damian Lillard desapareceu no duelo com Parker. Seus 17 pontos, quatro rebotes e três assistências não foram suficientes para superar o sistema defensivo armado por Popovich, fazendo com que o mesmo cometesse seis turnovers.

Os Spurs dominaram a partida do início ao fim, estiveram à frente no placar desde o primeiro período e tiveram 51% de acerto nos arremessos de quadra e 44% nas cestas de três, contra 38% e 25% dos Blazers, respectivamente.

Aldridge e Lillard somaram 17 pontos na primeira metade do jogo, quando o San Antonio alcançou uma vantagem de 26 tentos (65-39), que foi determinante para decretar a vitória tranquila dos texanos.

O segundo jogo da série será disputado na próxima quinta-feira, mais uma vez no ginásio do AT&T Center de San Antonio.