Com Wimbledon na mira, Sharapova vence em Roma na estreia e reencontrará croata

  • Por Estadão Conteúdo
  • 15/05/2017 12h33

Sharapova precisa pontuar para chegar ao quali do tradicional grand slam londrino

Sharapova precisa pontuar para chegar ao quali do tradicional grand slam londrino

Depois de ter sido eliminada na segunda rodada em Madri na semana passada, Maria Sharapova estreou com vitória no Torneio de Roma, nesta segunda-feira, ao bater a norte-americana Christina McHale por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. 

Assim, a tenista russa avançou para enfrentar na segunda rodada a mesma adversária que superou em sua estreia na capital espanhola, há menos de duas semanas. Trata-se da croata Mirjana Lucic-Baroni, que em outro duelo já encerrado nesta segunda eliminou a checa Lucie Safarova com um triunfo por 2 sets a 1, com 7/5, 4/6 e 6/3.

No último dia 7, Sharapova derrotou Lucic-Baroni, de virada, com 4/6, 6/4 e 6/0, para ir à segunda rodada em Madri, onde acabou sendo eliminada em seguida pela canadense Eugenie Bouchard, que foi uma das tenistas que chamou a russa de “trapaceira” em sua carreira depois de a estrela ter voltado às quadras no mês passado após 15 meses de suspensão por doping.

Ao ganhar nesta segunda-feira, a atual 211ª colocada do ranking mundial conquistou a sua quinta vitória em cinco jogos contra McHale, sendo que quatro destes duelos foram em piso de saibro. Um deles foi justamente em Roma, em 2012, antes de a russa voltar a superar a adversária no mesmo tipo de superfície por duas vezes em Madri, em 2013 e 2014 – o outro triunfo sobre a norte-americana foi no US Open de 2009.

Para se manter 100% contra McHale, atual 58ª colocada da WTA, Sharapova sofreu um pouco, pois teve o seu saque quebrado em três oportunidades já no primeiro set. A instável russa, porém, compensou o fato convertendo quatro de seis break points para abrir a vantagem inicial de 6/4.

Já na segunda parcial, a norte-americana voltou a conquistar uma quebra de serviço, mas a ex-número 1 do mundo aproveitou três de oito chances de ganhar games no saque da rival para aplicar o 6/2 que liquidou o duelo.

ESCALADA PARA WIMBLEDON – Desde que retornou às quadras, no final do mês passado, em Stuttgart, onde só foi cair nas semifinais, Sharapova acumula cinco vitórias e duas derrotas. E ao voltar a conquistar um triunfo nesta segunda, a russa somou novos pontos em sua escalada para ao menos assegurar classificação ao qualifying de Wimbledon, tradicional Grand Slam que começa no dia 3 de julho, em Londres.

Após galgar 47 posições no ranking após sua participação em Madri, a atual 211ª colocada da WTA entrou na chave de Roma como uma das três tenistas convidadas pela organização. As outras duas foram as italianas Sarah Errani e Deborah Chiesa. O fato gerou polêmica porque o convite para a russa, dado logo após o fim de uma longa suspensão por doping, deixou de fora das convidadas a italiana Francesca Schiavone, campeã de Roland Garros em 2010 e que também precisaria de um wild card para entrar na chave principal na capital italiana.

Está prevista para esta terça-feira, por sua vez, a decisão sobre a participação ou não de Sharapova em Roland Garros, Grand Slam cuja chave principal começará a ser disputada no próximo dia 28, em Paris, onde a russa também precisará de convite para atuar, pois seu ranking atual não a credencia para entrar sequer no qualifying.

OUTROS JOGOS – Outras quatro tenistas avançaram à segunda rodada em Roma em jogos já encerrados nesta segunda-feira. Uma delas foi a checa Barbora Strycova, 14ª cabeça de chave, que contou com a desistência da russa Daria Kasatkina quando vencia o segundo set por 4/3 após ter sido derrotada por 6/4 na primeira parcial.

Outra que se garantiu na segunda rodada foi a casaque Yulia Putintseva, que passou pela porto-riquenha Monica Puig por 6/2 e 7/5 e se credenciou para ser a rival de estreia da britânica Johanna Konta, quinta cabeça de chave. 

A alemã Laura Siegemund também foi à próxima fase ao passar pela japonesa Naomi Osaka por 6/2 e 6/4 e será a primeira adversária da romena Simona Halep, sexta pré-classificada. 

Já a checa Katerina Siniakova superou a chinesa Shuai Zhang por 2 sets a 1, de virada, com 5/7, 6/3 e 7/6 (8/6), e medirá forças na próxima fase contra a russa Svetlana Kuznetsova, listada como sétima favorita e que também abrirá campanha direto na segunda rodada.