Comitê da Uefa decide não reconhecer jogos de clubes da Crimeia na Rússia

  • Por Agencia EFE
  • 22/08/2014 15h22

Redação Central, 22 ago (EFE).- O Comitê de Emergência da Uefa decidiu nesta sexta-feira que não serão reconhecidos os jogos de clubes da Crimeia por competições russas, até que seja tomada uma decisão sobre a disputa territorial.

O anúncio foi feito por meio de comunicado publicado no site da entidade que rege o futebol da Europa. Apesar da determinação, a Uefa garante que não deseja proibir os clubes da região de entrar em campo.

“No entanto, a fim de que o futebol se realize dentro de um esporte organizado em um marco legal, esta participação tem que respeitar os termos estabelecidos nos Estatudos da Uefa, que foram estipulados por todas as 54 federações-membro”, diz o texto.

Entre os clubes envolvidos na resolução estão o Sevastopol e o Tavriya Simferopol, que disputaram a edição passada do Campeonato Ucraniano. Ambas as equipes e também o Zhemchuzhyna Yalta, foram incluídos na terceira divisão e já participaram de jogos da Copa da Rússia.

Para tentar adiantar o entendimento sobre a participação dos clubes da Crimeia em competições russas, o Comitê de Emergência “solicitou que a administração da Uefa, junto a Fifa, possibilite a realização de conversas entre representantes das federações” dois dois países.

Em março deste ano, a Rússia anexou formalmente a península a seu território, após realização de referendo em que a população da Crimeia optou pela adesão ao país. A Ucrânia e a comunidade internacional, no entanto, não reconhecem a anexação. EFE