Comitê Executivo da Fifa deve, enfim, decidir datas da Copa do Mundo de 2022

  • Por Agencia EFE
  • 18/03/2015 11h50
A Fifa

O Comitê Executivo da Fifa se reunirá nesta quinta-feira, pela penúltima vez antes das eleições presidenciais de maio, e a expectativa é de que sejam, enfim, definidas as datas das Copa do Mundo de 2022, que acontecerá no Catar.

No encontro, que será realizado na cidade suíça Zurique, na sede da entidade, a tendência é que seja confirmado que o torneio tenha pontapé inicial no fim de novembro e seja encerrado dias antes do Natal.

O calendário está sendo elaborado pelo grupo que elabora as datas das competições no período entre 2018 e 2024, e que conta com respaldo do sindicato mundial de jogadores (FIFPro) e das seis confederações que integram a Fifa – e com oposição das ligas que organizam campeonatos na Europa, e dos clubes do continente.

Um dos últimos atos da gestão do Joseph Blatter, que concorrerá ao quinto mandato em maio, será justamente uma decisão sobre o Mundial de 2022, cuja a escolha do Catar como sede, marcou o início do mandato do suíço.

A polêmica sobre as datas da Copa de 2022 foi iniciada pouco depois da escolha do país que a receberia, devido a dificuldade em realizar a disputa no verão, devido as altas temperaturas. Até mesmo a possibilidade do torneio acontecer em fevereiro de 2023 foi levantada.

“Joga contra” o período inicial do ano, a coincidência de datas com os Jogos Olímpicos de Inverno, e contra abril, outra proposta existente, que este seja o mês do Ramadã, sagrado para os muçulmanos.

As confederações continentais já aceitaram sugestão da Uefa, que também teve aprovação do COI e da FIFPro, para que a final da Copa do Mundo aconteça no dia 23 de dezembro de 2022.

A proposta das ligas profissionais e clubes europeus é que o Mundial seja realizado em maio, já no período de calor, mas ainda não no seu ápice.

Além do calendário, o encontro do Comitê Executivo discutirá as condições trabalhistas no Catar, alvo de diversas críticas desde o início das obras dos estádios.

Ainda será decidida a sede da Copa do Mundo feminina de 2019, em que França e Coreia dos Sul estão concorrendo, do Mundial de Clubes de 2017, e detalhes da organização dos torneios de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio, que acontecerão este ano.