Comitê Olímpico Britânico confirma Andy Murray como porta-bandeira no Rio

  • Por EFE
  • 03/08/2016 16h48
EFE Andy Murray

O tenista Andy Murray será o porta-bandeira do Reino Unido na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, informou o Comitê Olímpico Britânico nesta quarta-feira.

O escocês de 29 anos foi eleito ao superar a concorrência de outros atletas cogitados pelo comitê, como o ciclista Bradley Wiggins, a boxeadora Nicola Adams e David Florence, da canoagem.

“Estou muito orgulhoso de ter sido escolhido para levar a bandeira da delegação britânica”, afirmou Murray em comunicado. “Representar minha terra natal nos Jogos é uma experiência incrível, mas liderar à delegação britânica será uma honra, a maior no esporte”, afirmou o medalhista de ouro do tênis na Olimpíada de Londres, em 2012.

Eleito pelo Comitê Olímpico Britânico entre indicações feitas pelas federações esportivas do Reino Unido, Murray desfilará como líder de um grupo de 366 atletas britânicos que competirão no Rio de Janeiro.

“A convicção com a qual Andy me falou sobre a honra de conduzir a bandeira demonstra porque ele é um indivíduo excepcional. É uma escolha absolutamente correta”, afirmou Mark England, chefe de missão da delegação britânica no Brasil.

“Quando pedi a Andy que liderasse a nossa delegação, ele recebeu com humildade e elegância que refletem os valores da delegação britânica”, acrescentou England.