Como o Peru foi essencial para o Brasil carimbar o passaporte rumo à Copa 2018

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2017 10h42
Brasil x Peru - Copa América CentenárioBrasil x Peru - Copa América Centenário

Se tem alguém que a Seleção Brasileira pode agradecer pela classificação para a Copa do Mundo, alcançada na madrugada desta quarta-feira (28), é o Peru. Graças a vitória dos peruanos sobre o Uruguai, o Brasil pode alcançar a vaga com quatro rodadas de antecedência.

Até quando nos derrotou, o Peru acabou dando uma “mãozinha”. O time eliminou o Brasil na fase de grupos da Copa América Centenário do ano passado com um irrelugar, gol feito com a mão. Graças a esse resultado, Dunga foi demitido, Tite assumiu o comando da equipe e levou a Seleção Brasileira rapidamente à liderança das Eliminatórias, com oito vitórias em oito jogos.

Mas estes não foram os únicos casos de “ajuda” que a Seleção ganhou dos peruanos. Desde o começo das Eliminatórias, ainda com Dunga, tanto os confrontos diretos quanto algumas combinações de resultados entre as duas seleções foram essenciais no desenvolvimento da campanha que culminou na vaga para a Copa da Rússia 2018. Veja alguns destes momentos:

Brasil 3 x 0 Peru

O último confronto de 2015 foi justamente contra o Peru, na Arena Fonte Nova, em Salvador, quando o Brasil ocupava a quinta colocação nas Eliminatórias. Filipe Luís, Renato Augusto e Douglas Costa comandaram a vitória que, naquele momento, permitia ao Brasil virar o ano em terceiro lugar na classificação.

Brasil 2 x 1 Colômbia (Equador 1 x 2 Peru)

Na estreia de Tite pela Seleção, novamente os peruanos foram úteis. O Brasil entrou em campo em sexto lugar, fora da zona de classificação para a Copa, cumpriu a sua missão de vencer a Colômbia – 2 a 1, com gols de Neymar e Miranda – e subiu para a vice-liderança. Porém, esse avanço só foi possível graças ao tropeço do Equador, que perdeu por 2 a 1 justamente para os peruanos.

Peru 0 x 2 Brasil

O Brasil assumiu a liderança das Eliminatórias contra a Venezuela, em outubro, mas foi justamente na última partida de 2016 que o Brasil botou o pé na Copa da Rússia. O adversário era o Peru. A torcida brasileira precisou ficar acordada até tarde (o jogo começou 00h15) para acompanhar os gols de Renato Augusto e Gabriel Jesus que abriram quatro pontos de vantagem sobre o Uruguai na liderança.

Brasil 3 x 0 Paraguai (Peru 2 x 1 Uruguai)

A classificação já era certa quando o Brasil goleou os uruguaios na última quinta-feira e venceu o Paraguai na noite de terça. Mas faltava a combinação de resultados para garantir a vaga, feito esse que veio na vitória do Peru por 2 a 1 sobre os uruguaios.

Com tanta ajuda assim, dá até para dar uma torcidinha para que eles também consigam sua vaga. Os peruanos ocupam a sétima colocação das Eliminatórias, quatro pontos atrás do quinto lugar, que se classifica para a repescagem. Será que Guerrero quer agradar seu ex-técnico no Corinthians?