Conmebol aprova apoio em bloco a Gianni Infantino nas eleições da Fifa

  • Por Agência EFE
  • 28/01/2016 14h48
Gianni Infantino é um dos favoritos para vencer as eleições para presidente da Fifa

A Conmebol anunciou nesta quinta-feira que apoiará, em bloco, a candidatura do suíço Gianni Infantino, secretário-geral da Uefa, à presidência da Fifa, nas eleições de 26 de fevereiro deste ano.

A entidade publicou nota em seu site oficial, explicando que a decisão foi tomada após reunião do Comitê Executivo da entidade, que foi realizada ontem, em Assunção, no Paraguai.

“O Comitê Executivo da Confederação Sul-Americana de Futebol decidiu apoiar a candidatura e o plano de trabalho para a presidência da Fifa, do senhor Gianni Infantino”, diz o texto publicado na manhã desta quinta-feira.

Este é o terceiro apoio em bloco obtido pelo dirigente suíço, depois das manifestações da Uefa e da União Centro-Americana de futebol, que tem Honduras, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e Belize como integrantes.

Além de Infantino, estão na corrida pela presidência o francês Jerôme Champagne, sul-africano Tokyo Sexwale, o príncipe jordaniano Ali Bin al-Hussein e o xeque bahrenita Salman Bin Ebrahim al-Khalifa.