Conmebol confirma punição e Chape está eliminada da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2017 12h04
Zagueiro Luiz Otávio

A Conmebol confirmou nesta terça-feira (23) a punição ao time da Chapecoense pela escalação irregular do zagueiro Luiz Otávio na partida da última quarta-feira, contra o Lanús, da Argentina. Por conta disso, o placar, que foi de 2 a 1 para o time catarinense, passa a ser de 3 a 0 para os argentinos

Com esse novo resultado, o Lanús sobe para 10 pontos e assume a liderança do Grupo 7. Já a Chapecoense, sem os três pontos que conquistou fora de casa, fica com apenas quatro, caindo assim para a lanterna da chave e ficando sem chances de se classificar para as oitavas de final da Libertadores.

Resta agora ao Verdão do Oeste brigar pela terceira posição do seu grupo, que garante a ida para a Copa Sul-Americana deste ano. O time entra em campo logo mais, às 19h30min na Arena Conda, e precisa da vitória sobre o venezuelano Zulia para alcançar a vaga na competição de qual é o atual campeão.

Entenda o caso

Na partida contra o Lanús, na última semana, a Chapecoense escalou o zagueiro Luiz Otávio. No entanto, o atleta que marcou o gol da vitória do clube catarinense estava suspenso por três partidas em razão da expulsão contra o Nacional-URU. O Lanús denunciou a irregularidade a Conmebol, que afirmou que o atleta ainda teria duas partidas de suspensão para cumprir.

A Chapecoense se defendeu alegando que não teria sido notificada por e-mail da suspensão de três jogos pela entidade e que o atleta já teria cumprido a suspensão automática por conta do cartão vermelho no confronto contra o Atlético Nacional, na partida de volta da Recopa Sul-Americana.

A Conmebol por sua vez, baseada no envio do e-mail, alegou que o clube brasileiro estava ciente da suspensão e insistiu em utilizar o jogador mesmo assim na partida contra o Lanús. Com isso, o Verdão do Oeste teria infringido a regra número 11 do regulamento da entidade, vindo a ser punido.

O time catarinense ainda pode recorrer dos pontos perdidos em até sete dias após a punição. A meta do clube é ter os seus pontos recuperados antes do sorteio das oitavas de final, marcado para o dia 7 de junho. Caso vença a partida desta terça e recupere os três conquistados na Argentina, a Chape avançaria em segundo.