Conselho aprova chapa da situação e diretoria encaminha renovações de Cuca e Mattos

  • Por Fredy Júnior / Jovem Pan
  • 11/10/2016 08h27

Maurício Galiotte (à esq.) é o principal candidato a suceder Paulo Nobre no comando do Palmeiras

Maurício Galiotte (à esq.) é o principal candidato a suceder Paulo Nobre na presidência do Palmeiras

Na segunda-feira aconteceu a reunião do Conselho Deliberativo do Palmeiras para a realização do filtro visando a eleição para a presidência do clube. Chapa única e liderada por Marcelo Galiotte, atual primeiro vice na gestão Paulo Nobre, foi confirmada pelos conselheiros para participar da Assembleia Geral de Sócios que acontecerá no final do mês de novembro.

No total compareceram 203 conselheiros sendo que 14 foram embora antes da votação. 189 participaram do filtro, 169 votaram na chapa de Gagliotte e que tem Genaro Marino, Antonino Jesse Ribeiro, Victor Fruges e José Carlos Tomazelli como candidatos a vice.

Como era esperado, o número de votos brancos e nulos foi maior do que normalmente acontece. 17 votaram em branco, muitos destes votos foram de conselheiros ligados à oposição e sete votaram nulo.

Para ser confirmado como Presidente do Palmeiras, Gagliotte precisa de 50% mais um voto do total de eleitores presentes na eleição de novembro.

Durante a reunião do conselho, o Presidente Paulo Nobre falou e fez uma despedida da sua gestão, que termina em dezembro, e agradeceu aos conselheiros presentes por mais dois anos da sua gestão que começou em 2013.

Já nos bastidores da reunião do CD, e de forma muito discreta, a informação que corria é que a diretoria encaminhou a renovação de contrato do técnico Cuca e a permanência do diretor de futebol Alexandre Mattos. Os dois tem contrato até o final da temporada e a direção palmeirense tem feito tudo com muita calma e sem alarde para não atrapalhar o desempenho da equipe na reta final do Campeonato Brasileiro.