Capitães de seleções rivais do Peru pedem que FIFA libere Guerrero na Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2018 17h30 - Atualizado em 21/05/2018 17h41
EFECom 14 meses de suspensão, Paolo Guerrero vai perder a Copa do Mundo da Rússia

Hugo Lloris, Simon Kjaer e Mile Jedinak, capitães das seleções francesa, dinamarquesa e australiana, rivais do Peru no grupo C da Copa do Mundo, assinaram uma carta solicitando à FIFA para deixar que Paolo Guerrero participe do Mundial na Rússia.

A carta foi anunciada nesta segunda-feira (21) pela Associação de Jogadores Profissionais, o Fifpro.

O objetivo do documento é dar força ao pedido da própria associação, que classificou a punição de 14 meses como injusta e desproporcional, já que o atacante da seleção peruana e do Flamengo não teve a intenção de consumir a benzoilecgonina.

A substância, principal metabólito da cocaína, foi detectada em Guerrero após a partida entre Peru e Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.