Dinamarquês tem 2 pênaltis marcados por vídeo e dispara: “estou odiando o VAR”

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2018 13h41 - Atualizado em 21/06/2018 13h56
Wallace Woon/EFEYussuf Poulsen cometeu dois pênaltis flagrados pelo árbitro de vídeo e está suspenso da partida contra a França

Yussuf Yurary Poulsen. Esse é, sem dúvidas, o nome da maior vítima do VAR após duas rodadas de Copa do Mundo. O atacante dinamarquês, que marcou o gol da vitória do seu país contra o Peru, no último sábado, já cometeu dois pênaltis que foram flagrados pelo árbitro de vídeo. E o pior: levou dois cartões amarelos por causa desses lances, ou seja, graças à tecnologia, está suspenso do jogo contra a França, na próxima terça-feira, pela última rodada do Grupo C.

“Estou odiando bastante (o VAR)”, disparou Poulsen, em entrevista após o empate por 1 a 1 com a Austrália, nesta quinta-feira, em Samara. “Sem isso, nenhum dos dois lances teria sido pênalti. Mas prefiro não ficar falando disso, já foi muito assunto e não tem discussão”, acrescentou.

Poulsen “sofreu” pela primeira vez com o VAR na vitória por 1 a 0 sobre o Peru, no último sábado. Na ocasião, o jogo estava empatado por 0 a 0, quando o árbitro de vídeo flagrou um toque do atacante dinamarquês no pé de Cueva. O pênalti não havia sido assinalado pelo homem do apito, mas foi marcado após consulta à TV. Para a sorte de Poulsen, Cueva desperdiçou a penalidade.

Nesta quinta-feira, no entanto, o camisa 20 da Dinamarca deu mais azar. Colocou a mão na bola dentro da área, foi novamente “dedurado” pelo VAR e viu a penalidade ser convertida por Jedinak, da Austrália. A seleção europeia vencia o jogo por 1 a 0 e teve de amargar a igualdade, resultado que a impediu de assegurar vaga antecipada às oitavas de final.

Confira a cobertura completa da Copa de 2018!