Em 2012, craque da Belgica foi parado por Corinthians de Tite, Paulinho e Cássio

  • Por Jovem Pan
  • 04/07/2018 12h28 - Atualizado em 04/07/2018 14h32
Divulgação SCCP Paulinho e Hazard devem se enfrentar novamente

Eden Hazard é uma das principais preocupações de Tite para o jogo entre Brasil e Bélgica, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018. Mas não será a primeira vez que o técnico enfrentará o atacante. Em 2012, na final do Mundial de Clubes, o treinador conseguiu anular o jogador do Chelsea e ser campeão pelo Corinthians.

Naquele ano, Hazard tinha acabado de chegar ao Chelsea, com apenas 21 anos. Mas ele já tinha feito um bom início de temporada e era uma das esperanças do time inglês no Mundial.

Já o Corinthians, comandado por Tite, contava com mais dois atletas que estão na Seleção Brasileira atualmente, Paulinho e Cássio. O volante inclusive é titular e provavelmente reencontrará Hazard.

Em 2012, os brasileiros levaram a melhor contra Hazard, que teve atuação apagadíssima e inclusive foi substituído no final do 2º tempo, por Marko Marin. O zagueiro Chicão inclusive fez uma publicação recente no Instagram para lembrar das dificuldades do belga naquela partida.

Outros jogadores do Chelsea levaram perigo para o gol do Corinthians, como Moses, Mata e Fernando Torres, mas Cássio brilhou e foi um dos grandes destaques daquela partida.

Seis anos depois daquele jogo, Hazard está mais experiente e consolidado como ídolo do Chelsea. Ele inclusive foi campeão inglês duas vezes pelo clube, sempre como melhor do time.

Mas na seleção belga Hazard não é tão bem visto. Ainda faltam grandes atuações dele pela equipe. E a partida contra a Seleção Brasileira é a melhor oportunidade possível para apagar essa impressão. O problema, para ele, é que Tite o conhece bem.