Final da Copa é paralisada por invasão de campo; grupo musical reivindica ato

  • Por EFE
  • 15/07/2018 13h45
ReproduçãoInvasora cumprimenta Mbappé dentro do gramado de Luzhniki, em Moscou

A final da Copa do Mundo entre França e Croácia, no estádio Luzhniki, em Moscou, foi interrompida neste domingo (15) por causa da invasão simultânea de campo de quatro mulheres, em ato reivindicado pelas integrantes do grupo punk russo Pussy Riot.

A paralisação aconteceu aos sete minutos do segundo tempo, com entrada no gramado por diversos lados do campo. As invasoras vestiam peças de roupas semelhantes as utilizadas pelos seguranças.

Através das redes sociais, o Pussy Riot assumiu a autoria da invasão. O grupo musical é conhecido pelo ativismo político, de oposição ao governo de Vladimir Putin.

Confira a cobertura completa da Copa 2018!