Guerrero tem punição ampliada e fica fora da Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2018 12h58 - Atualizado em 14/05/2018 14h00
EFE/ Jean-christophe BottGuerrero foi punido por uso de um metabólito da cocaína

Após ser acusado de doping e lutar para ser inocentado, Paolo Guerrero está fora da Copa do Mundo de 2018. O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) resolveu que ele precisa cumprir suspensão por 14 meses por uso de um metabólito da cocaína. O peruano não poderá recorrer contra a decisão, pois ela foi tomada em última instância.

Recentemente Paolo Guerrero cumpriu uma suspensão preventiva e por isso ganhou direito de voltar a jogar pelo Flamengo. Ele inclusive fez um gol neste domingo (13), na derrota do time para a Chapecoense.

Antes disso, ele prestou depoimento em Zurique para tentar se defender da acusação. Guerrero legou que tomou um chá contaminado pelo metabólito sem saber, antes dos jogo contra a Argentina, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo.

Como já ficou suspenso preventivamente por 6 meses, Guerrero terá que ficar fora dos jogos por mais 8, ou seja, só voltará a disputar partidas oficiais em 2019.