Laxalt exalta poder defensivo do Uruguai e diz que Mbappé não terá facilidade

  • Por EFE
  • 03/07/2018 11h25
Kiko Huesca/EFELaxalt comemorou as últimas atuações, que lhe valeram um lugar no time titular

O meia Diego Laxalt, que vem sendo titular da lateral esquerda do Uruguai, afirmou nesta terça-feira que o atacante Kylian Mbappé não terá facilidade no duelo entre a Celeste e a França da próxima sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, e garantiu que a equipe sul-americana defenderá em bloco sem deixar espaços.

O jovem atacante do Paris-Saint Germain foi o destaque dos Bleus na vitória sobre a Argentina, nas oitavas, principalmente explorando a velocidade em marcações individuais. O jogador de 19 anos marcou dois gols e sofreu uma penalidade.

“Temos que ter solidez defensiva, a mesma demonstrada contra Portugal. Temos que fazer o que o professor indicar. Não se pode dar espaço para Mbappé aproveitar sua velocidade. Em bloco, como jogamos agora, será complicado para ele”, destacou o camisa 17.

O Uruguai tem, ao lado do Brasil, a melhor defesa desta Copa. Cada um sofreu apenas um gol em quatro partidas. A bicampeã foi vazada no triunfo sobre Portugal por 2 a 1, pelas oitavas, enquanto Alisson foi vazado no empate com a Suíça em 1 a 1, ainda na estreia.

“Sabemos que eles têm um potencial muito grande no ataque. Vamos ter que trabalhar bastante defensivamente. Muito espírito e sacrifício. Sempre pensamos em fazer os adversários jogarem pouco. É uma coisa que incomoda qualquer um e é uma boa arma que temos”, acrescentou o meia da Celeste.

Sobre a evolução pessoal, Laxalt comemorou as últimas atuações, que lhe valeram um lugar no time titular. “Estou ganhando meu espaço e fico contente com isso. Por sorte, desde a chegada à Copa, os estreantes foram ficando menos ansiosos. O grupo mais experiente transmitiu segurança. Isso ajudou muito”, considerou.

Acompanhe a cobertura completa da Copa 2018 pela Jovem Pan