Modric admite que preferia título ao invés do prêmio de melhor da Copa

  • Por EFE
  • 15/07/2018 18h46
EFELuka Modric ganhou a Bola de Ouro, apesar do vice-campeonato

O meia Luka Modric, eleito o melhor jogador da Copa do Mundo, admitiu neste domingo (15) que preferiria conquistar o título da competição com a seleção croata, do que voltar para casa com prêmios individuais.

“Claro que gosto do reconhecimento. Obrigado a quem me elegeu, mas gostaria mais de vencer o Mundial. Não aconteceu, então, agora vamos descansar bem e comemorar nos próximos dias, porque, para a Croácia, é algo muito grande, embora a sensação seja amarga”, disse o jogador do Real Madrid.

“A sensação é de orgulho. Podemos estar orgulhosos do que fizemos, embora não seja fácil perder uma final. Não baixamos a cabeça, nem mesmo quando perdíamos por 4 a 1. Por isso, devemos ter a cabeça erguida”, completou.

Questionado sobre seguir na seleção croata e tentar disputar uma próxima Copa do Mundo, Modric, de 33 anos, desconversou e deixou qualquer decisão para o futuro.

“Agora, é cedo para decidir se continuarei. Vamos ver. É preciso descansar, falar com a família”, concluiu o craque da Copa.