Neymar iguala gols de Romário na seleção e avisa: “Pode sonhar com o hexa”

  • Por EFE
  • 10/06/2018 17h31
CHRISTIAN BRUNA/EFE O atacante do Paris Saint-Germain aproveitou a comemoração para homenagear o campeão do Mundial de 94, levantando a camisa atrás da cabeça e erguendo os braços, na clássica comemoração do 'Baixinho'

Antes mesmo de começar a Copa do Mundo, Neymar já alcançou uma marca importante neste domingo, após fazer o segundo gol do Brasil na vitória sobre a Áustria por 3 a 0 em amistoso em Viena: se tornou o quarto maior artilheiro da seleção ao igualar a marca de Romário, com 55 gols marcados em partidas oficiais.

O atacante do Paris Saint-Germain aproveitou a comemoração para homenagear o campeão do Mundial de 94, levantando a camisa atrás da cabeça e erguendo os braços, na clássica comemoração do ‘Baixinho’.

“Fico muito feliz de chegar a essa marca, quis homenageá-lo de alguma forma. É um ídolo não só para mim, mas também para os brasileiros e para o mundo, então máximo respeito ao nosso ‘baixola'”, afirmou o camisa 10.

Neymar ainda postou uma foto da comemoração em sua conta no Instagram, com uma mensagem para o antigo camisa 11 da seleção brasileira. “Máximo respeito por ti, ídolo Romário”, escreveu, marcando o perfil do ex-atacante.

O maior artilheiro da seleção brasileira até hoje é Pelé com 95 gols, seguido por Ronaldo, com 67; Zico, com 66; e agora Romário e Neymar, empatados com 55. Após o amistoso, o craque do PSG se mostrou otimista e mandou um recado para a torcida, ao dizer que o brasileiro pode e deve sonhar com o hexa.

“Tem que confiar, sonhar, não tem que segurar a onda não. Pode falar que é brasileiro e pode sonhar com o hexa. Estamos sonhando cada vez mais. Sonhar não é proibido. Estamos preparados para a Copa do Mundo”, destacou.