Para Gareca, seleção peruana pode superar falta de Guerrero e ir bem na Copa

  • Por EFE
  • 16/05/2018 20h00 - Atualizado em 16/05/2018 20h34
Divulgação FPFRicardo Gareca, ex-treinador do Palmeiras, está confiante para a participação do Peru na Copa do Mundo

O técnico do Peru, Ricardo Gareca, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (16), após divulgar a lista de pré-convocados da seleção para a Copa do Mundo, e disse se manter confiante para o torneio, mesmo sem o astro Paolo Guerrero, cuja punição por doping foi ampliada.

O jogador do Flamengo não foi chamado para defender a seleção depois de ter sua suspensão aumentada para 14 meses pela Corte Arbitral do Esporte após ser flagrado no exame antidoping do confronto com a Argentina, pelas Eliminatórias da América do Sul, no final do ano passado.

Na disputada coletiva, Gareca lamentou a ausência do maior artilheiro da história da seleção, mas garantiu que confia nos substitutos. “Acreditamos que podemos resolver o problema. Chamamos aqueles que estão em condições de ajudar”, afirmou o argentino, ex-treinador do Palmeiras.

Ao longo da entrevista, Gareca também disse crer que os seus comandados farão um bom papel na Copa porque terão mais de um mês para treinar juntos. Pensando em otimizar esse trabalho, convocou apenas 24 jogadores para não desperdiçar treinamentos com quem não estará no torneio de fato.

O Peru fará um amistoso no próximo dia 28, contra a Escócia, no Estádio Nacional de Lima. Os comandados de Gareca enfrentarão também a Arábia Saudita, seis dias depois, e a Suécia, no dia 9. A seleção sul-americana está no grupo C do Mundial, pelo qual vai encarar Dinamarca (16 de junho), França (21) e Austrália (26).