Prêmio de melhor do mundo em 2018 ficou indefinido após acontecimentos da Copa

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2018 17h04
EFELuka Modric foi eleito o melhor da Copa e tinha conquistado a Liga dos Campeões, mas não é unanimidade

Antes da Copa do Mundo começar, havia uma expectativa: o jogador que mais se destacasse no torneio fatalmente seria eleito o melhor do mundo nesta temporada. Mas na prática os acontecimentos do mundial só aumentaram o mistério. As definições do The Best (prêmio da Fifa para o melhor do Mundo) e da Bola de Ouro (prêmio da revista France Football) ficaram cheias de mistério.

Antes das semifinais começarem, a Jovem Pan concluiu que 10 jogadores estavam vivos na disputa pelo prêmio de melhor da Copa. A reta final decidiria quem seria o maior craque e, consequentemente, o favorito a vencer os prêmios de melhor do mundo em 2018.

Mas ninguém se destacou demais. Na seleção campeã do Mundo, a França, não houve um protagonista específico. Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e Paul Pogba foram os maiores destaques, mas dividiram responsabilidades. Tanto que os 3 fizeram um gol na final.

O prêmio de melhor da Copa ficou com Luka Modric. Não foi uma escolha injusta, mas está longe de ser unânime. Pesa contra ele o fato de não ter se destacado ofensivamente na reta final. O que pesa a favor dele é o título da Liga dos Campeões pelo Real Madrid. Foi titular absoluto e um dos jogadores mais importantes. Isso é mais um argumento forte para ser eleito melhor do mundo.

O 2º melhor jogador da Copa, de acordo com a Fifa, foi Eden Hazard. De fato ele se consolidou como principal atleta da Bélgica, 3ª colocada no mundial. Mas o fato de não ter ido nem pra final atrapalha nas premiações individuais. Além disso, ele não fez uma temporada tão brilhante pelo Chelsea.

Fora os maiores destaques da Copa do Mundo, quem também pode conquistar o prêmio de melhor do mundo é Cristiano Ronaldo. Mais uma vez ele se destacou na Liga dos Campeões e ficou com o título. Na Rússia ele teve grandes atuações na fase de grupos, mas foi eliminado já nas oitavas de final, com má atuação contra o Uruguai. Ainda assim a popularidade dele, junto com essa indefinição gerada na Copa do Mundo, pode lhe dar mais prêmios em 2018.