Tabárez diz que não vai usar marcação individual para parar Cristiano Ronaldo

  • Por EFE
  • 29/06/2018 15h15
EFEÓscar Tabárez concede entrevista coletiva na véspera do duelo contra Portugal

O técnico do Uruguai, Óscar Tabárez, afirmou nesta sexta-feira (29) que a atual geração da Celeste já fez história com a camisa da seleção, independentemente do resultado contra Portugal nas oitavas de final da Copa do Mundo, e revelou que estratégia irá adotar para conter Cristiano Ronaldo.

“Ele está na elite dos atacantes do mundo, tem um grande potencial. Além de todas essas qualidades, é o líder da equipe. Mas não vou marcar um jogador específico. Ele não nos tira o sono, mas também não podemos não dar importância a ele”, ressaltou.

Tabárez defendeu a trajetória de seus jogadores desde que assumiu o comando da Celeste há 12 anos e afirmou que a seleção uruguaia está perto dos objetivos estabelecidos para a Copa do Mundo.

“Estamos tranquilos para jogar a partida das oitavas de final e vamos entrar concentrados, que é o jeito que pode nos dar mais chances. Apesar da potencialidade do rival, modestamente creio que temos como enfrentar Portugal e que estamos bem, sobretudo na questão da vontade”, ressaltou Tabárez.

Sem revelar a equipe que utilizará contra Portugal, Tabárez sugeriu que deve utilizar força máxima, o que indica que José María Martínez ganhará o lugar de Sebastián Coates para formar a zaga ao lado do capitão Diego Godín.

“Sempre nos adaptamos às características do rival e neste caso será difícil. A dificuldade é a grande motivação que teremos. Será maravilhoso ganhar de Portugal e acreditamos ser possível, mas só saberemos no fim do jogo”, disse Tabárez.

Confira a cobertura completa da Copa 2018!