Taffarel elogia até voz de Alisson e diz que ele está próximo do nível de Neuer

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2018 14h44 - Atualizado em 22/05/2018 16h33
Lucas Figueiredo/CBFAlisson levou violão para concentração da Seleção Brasileira

Preparador de goleiros da Seleção Brasileira, Taffarel deu entrevista coletiva nesta terça-feira (22) e deixou claro por que escolheu Alisson para ser o titular na Copa do Mundo de 2018. Ele afirmou que o ex-jogador da Roma está perto do nível de Manuel Neuer – reconhecido como melhor goleiro do mundo nos últimos anos – e elogiou até a voz dele.

A comparação com Neuer aconteceu por que Taffarel foi perguntado sobre quem é melhor goleiro do mundo atualmente. “Até pouco tempo atrás, falávamos muito do Neuer. Depois de 2014, mostrou uma linha a ser seguida. O Alisson está entrando nessa mesma linha, esse tipo de jogo, segurança, jogo perfeito com os pés. O Alisson está muito próximo desse nível. O De Gea, da Espanha, também é muito tranquilo”, analisou Taffarel.

O preparador de goleiros exaltou qualidades técnicas e mentais de Alisson. Destacou o trabalho dele com os pés e também a cobertura que ele faz da zaga da Roma: “é impressionante. Sempre joga adiantado e antecipa. Isso ajuda bastante”.

Depois Taffarel falou bastante sobre a mentalidade de Alisson: “sua grande força e característica é sua personalidade. Justamente isso que o ajudou a superar essa dificuldade de ficar no banco de reservas da Roma. Essa força que o ajudou a manter o foco, sabia que tinha que chegar bem na seleção brasileira. A confiança que demos a ele fez bastante diferença. O normal seria dizer que por não estar jogando lá não poderia jogar aqui. Mas não. Nós nos sentimos muito seguros de que estava dando o máximo lá. O Alisson teve uma performance impressionante aqui dentro”.

Ao chegar na Granja Comary, nesta terça-feira (22), Alisson levou na bagagem um violão. Por isso Taffarel foi questionado sobre as qualidades do goleiro como cantor. E novamente apareceu um elogio: “fiquei sabendo que à noite vai ter apresentação. Eu vi ele cantar na apresentação quando chegou pela primeira vez. Ele cantou muito bem”.