Copa do Mundo de 1982 – Itália 3 x 2 Brasil – Segunda Fase

  • Por Jovem Pan
  • 30/05/2014 18h33

Paolo Rossi arrasou os sonhos brasileiros em 1982

Paolo Rossi na Copa de 1982

Falcão, Sócrates e Zico. A Seleção Brasileira parecia imbatível em 1982. Sob o comando de Telê Santana, o Brasil encantava o mundo pelo seu futebol ofensivo. Tanto que atropelou por 3 a 1 a Argentina, que contava com um jovem Maradona, por 3 a 1. O que não foi esperado era uma Itália pelo caminho no dia 5 de julho.

Esfacelada por uma crise de apostas envolvendo jogadores anos antes, a equipe italiana era a grande dúvida no Mundial da Espanha. Na partida derradeira da segunda fase, os italianos precisavam ganhar do Brasil para avançar na Copa, enquanto a equipe canarinho necessitava apenas de um empate.

Logo aos 5 minutos de jogo veio o primeiro presságio ruim com um gol De Paolo Rossi, mas Sócrates empatou aos 12 minutos. Com 25 minutos de partida Paolo Rossi fez os italianos irem para o vestiário com a vantagem.

No segundo tempo, a esperança. Falcão acertou belo chute e empatou a partida aos 23 minutos, resultado que classificava o Brasil, mas Rossi estava disposto a gravar o seu nome na história. Com um gol aos 29 minutos, ele classificou a Itália e destruiu os sonhos de uma das melhores equipes da história brasileira.

A histórica jornada italiana não terminaria ali, já que a equipe acabou se consagrando campeã após bater a Alemanha Ocidental por 3 a 1.