Copa do Mundo de 1986 – Brasil 1 (3) x (4)1 França – Quartas-de-final

  • Por Jovem Pan
  • 30/05/2014 18h44

As duas equipes com o futebol mais bonito da Copa de 1982 demoraram quatro anos para se enfrentar. No dia 21 de junho Brasil e França jogaram em Guadalajara na tentativa de consagrar a grande geração de jogadores dos dois países. De um lado, Zico, Sócrates e Careca, do outro Platini, Giresse e Tigana tentavam apagar a dor da eliminação de 1982.

Parecia que seria o dia da Seleção, com careca abrindo o placar logo aos 17min de jogo, mas Platini empatou a partida aos 40 minutos da primeira etapa. Zico, que passou boa parte da competição machucado, teve a chance de definir a partida. O meia foi para a marca da cal faltando 17 minutos para o fim do jogo, mas o pênalti foi defendido pelo goleiro Joel Bats.

Com o empate, a decisão foi para as cobranças de pênaltis. Desta vez, Zico confirmou a sua cobrança, enquanto o seu maior rival do outro lado, Platini, errou. Infelizmente Sócrates e Júlio César perderam para o lado brasileiro.

A decisão também foi marcada pelo azar do goleiro Carlos. Bruno Bellone chutou a bola na trave, mas ela voltou nas costas do brasileiro, que a desviou para o gol. Caso o ele não tivesse acertado o canto da batida, a decisão iria para as cobranças alternadas.