Corinthians abre cinco gols, bobeia, mas bate Penapolense por 5 a 3

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2015 21h25

Corinthians abriu 5 a 0 Folhapress Corinthians comemora gol contra o Penapolense

Atuando em casa, o Corinthians recebeu o Penapolense, na noite desta quinta-feira (26), na Arena Corinthians, e mostrando um futebol superior do que o adversário, a equipe comandada pelo técnico Tite abriu cinco de vantagem, tomou um grande susto no segundo tempo, mas superou o time de Penápolis pelo placar de 5 a 3.

O primeiro tempo foi completamente dominado pelo Corinthians e o Penapolense pouco assustou. Logo aos nove minutos, Renato Augusto finalizou de fora da área, Samuel Pires espalmou e, no rebote, Paolo Guerrero só teve o trabalho de completar para o gol, abrindo o placar. Apenas três minutos mais tarde, Renato Augusto cobrou escanteio e o zagueiro Yago cabeceou firme para ampliar a vantagem para 2 a 0.

O Penapolense chegou a dar um susto aos 23, quando Arnaldo fez jogada pela direita e cruzou, Diego Rosa desviou, mas a bola pegou no travessão e em cima da linha, por pouco não entrando no gol. Cássio deu muita sorte no lance.

O Corinthians anotou o terceiro gol aos 26 minutos, quando Emerson Sheik partiu pela esquerda, trouxe a bola para o meio e, colocado, de direita, mandou a finalização no ângulo esquerdo da meta defendida por Samuel Pires. Ainda houve tempo para, quatro minutos depois, Petros bater cruzado de dentro da área, depois de receber passe de Jadson, e aumentar a folga para 4 a 0. O Penapolense teve oportunidades de diminuir um pouco a desvantagem, aos 34, quando Diego Rosa bateu fraco na cara do gol e facilitou a vida de Cássio, e aos 41, quando Sérgio Mota puxou contra-ataque, passou pela zaga e bateu, mas também pegou mal na bola e parou no arqueiro corintiano.

No segundo tempo, aos sete minutos, Guerrero recebeu bola na direita, girou em cima da zaga e bateu firme, rasteiro, para fazer o quinto gol corintiano. O Penapolense teve uma chance aos dez, quando João Lucas bateu de longe, mas Cássio pulou e espalmou para escanteio.

Com um belo gol de Crislan, que chegou pela esquerda e encobriu Cássio com muita categoria, o Penapolense anotou o seu primeiro, aos 30, e a equipe do interior do estado de São Paulo fez o segundo, novamente com Crislan, em chute cruzado aos 33 minutos, para deixar o placar em 5 a 2. O time de Penápolis ainda conseguiu buscar o terceiro, aos 44 minutos, em cabeçada de Luiz Gustavo, mas a reação parou por aí. O susto aconteceu, mas não foi suficiente para estragar a festa corintiana.

Com o resultado, o Corinthians chega aos 32 pontos conquistados em 12 partidas (dez vitórias e dois empates), lidera de forma isolada o grupo 2 e ainda tem a melhor campanha de toda a primeira fase, o que deve garantir vantagem de mando de campo ao time no mata-mata. Já o Penapolense estaciona nos 12 pontos, obtidos em campanha de três vitórias, três empates e seis derrotas, e se preocupa com o rebaixamento para a Série A-2 do Campeonato Paulista.

As duas equipes voltam a atuar no domingo (29). Às 16h (de Brasília), o Corinthians mede forças com o Bragantino, fora de casa, no Nabi Abi Chedid. Mais tarde, às 18h30, o Penapolense recebe o Audax-SP, no estádio Tenente Carriço.

Para ouvir todos os gols da vitória corintiana, clique aqui