Corinthians aproveita fragilidade do adversário e, pelo ar, vence Danubio

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2015 21h56

Guerrero abriu caminho para a vitória do Corinthians sobre o Danúbio

Guerrero comemora gol do Corinthians contra Danubio

O Corinthians foi até o estádio Luiz Franzini, em Montevidéu (URU), para enfrentar o Danubio, e em jogo de não muitas emoções, os comandados do técnico Tite aproveitaram a fragilidade do adversário e, com dois gols no segundo tempo, marcados por Guerrero e Felipe, ambos após cruzamento, o Timão superou o adversário uruguaio pelo placar de 2 a 1 e manteve os 100% de aproveitamento na Copa Libertadores da América. Barreto descontou já nos acréscimos para o Danubio.

O primeiro tempo foi morno e, apesar de o jogo ter sido bastante aberto, as chances de gol foram escassas. Aos oito minutos, Castro recebeu cruzamento e cabeceou firma, mas Cássio fez a defesa. O Corinthians criou sua melhor oportunidade aos 27, quando Emerson bateu forte e viu o arremate passar perto da trave esquerda de Torgnascioli.

Ainda na etapa inicial, aos 39, houve um lance polêmico, quando Guerrero foi agarrado dentro da área por Cristian González, caiu, mas o árbitro mandou o jogo seguir, gerando a revolta do atacante peruano. Os primeiros 45 minutos de duelo terminaram sem gols.

No segundo tempo, o jogo não melhorou muito de qualidade e o Corinthians teve uma chance preciosa de abrir o placar aos 17, quando Elias foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na batida, Renato Augusto pegou mal e mandou por cima do gol.

Aos 25, entretanto, Guerrero apareceu bem, após cruzamento de Fagner, e mandou uma pancada de direita, sem chances de defesa para Torgnascioli, abrindo o placar em Montevidéu.

Aos 34 minutos, o Corinthians aproveitou a bola parada e, após bela cobrança de falta de Jadson, Felipe subiu para cabecear firme e fazer 2 a 0, praticamente matando o jogo.

O atacante Paolo Guerrero teve a oportunidade de marcar o seu segundo no jogo e fazer 3 a 0 aos 36 minutos, mas o peruano, que avançou em velocidade depois de vacilo da zaga, perdeu o controle da bola e Torgnascioli agarrou.

Ainda houve tempo para o Danubio descontar, aos 47, quando Barreto partiu em velocidade, passou pela zaga e bateu de bico, no cantinho de Cássio, mas já era tarde para uma reação.

Com o resultado, o Corinthians se mantém na liderança isolada do grupo 2, com nove pontos conquistados em três partidas. Já o Danubio é o lanterna da chave, com nenhum ponto conquistado em três compromissos.

Na quarta rodada do grupo 2, o Corinthians recebe o Danubio, na Arena Corinthians. A partida será realizada na quarta-feira, dia 1º de abril, às 22h (de Brasília). Já pelo Campeonato Paulista, o Corinthians joga neste domingo (22), às 16h, quando enfrenta o Capivariano, na Arena Capivari.