Corinthians está perto de acertar patrocínio master com a Universidade Brasil

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/05/2017 09h06

Rodriguinho

Rodriguinho

O Corinthians avançou nas negociações com a Universidade Brasil para ter um patrocínio master para os próximos anos. Nesta quarta-feira, as duas partes conversaram e a proposta já está perto de ser fechada, segundo apurou o jornal O Estado de S Paulo. Entre as novidades da parceria estaria a abertura de uma unidade universitária dentro do estádio Itaquerão, a Arena Corinthians, na zona leste de São Paulo.

É justamente isso que está fazendo com que o acordo demore um pouco mais para ser sacramentado, pois os dirigentes do Parque São Jorge estão avaliando como seria esse espaço da Universidade Brasil no terreno da arena no bairro de Itaquera e seu funcionamento e como as atividades estudantis seriam conciliadas com os jogos da equipe nos diversos torneios.

A conversa entre as partes se intensificou após o patrocínio pontual à equipe na partida do último domingo contra a Ponte Preta, pelo primeiro duelo da final do Campeonato Paulista. A marca estará estampada também neste domingo, no segundo jogo da decisão, porém a ideia é celebrar o acordo e anunciar o patrocínio de longo prazo antes disso.

Desde a saída da Caixa, no mês passado, o Corinthians ficou sem patrocínio master na camisa. O banco estatal pagava R$ 30 milhões por temporada, mas pretendia diminuir o valor para uma renovação, pois vem cortando custos. O clube paulista não aceitou e ficou sem patrocinador principal. A possibilidade de fechar com a Universidade Brasil é grande e os valores são mantidos em sigilo, porém não devem ser muito diferentes do que o clube já ganhava com o acordo com a Caixa.

Como tem a ideia de ter um espaço dentro do estádio Itaquerão, a empresa não cogita uma parceria curta, pois isso seria negativo para uma universidade que mantém alunos por alguns anos em seus cursos. Procurada, a Universidade Brasil afirmou que só se manifestará sobre o tema após fechar contrato com o Corinthians. Já o clube falou que vai tratar do assunto após a decisão do Paulistão.

CRESCIMENTO – A Universidade Brasil, que era a antiga Unicastelo, fechou este ano um contrato de patrocínio por cinco temporadas com a Seleção Brasileira. Entre os projetos está o “CBF School”, que pretende criar escolinhas de futebol em parceria com prefeituras.

Se chegar a um acordo, o Corinthians fechará o seu quarto patrocinador para a camisa. O clube conta com as marcas Alcatel (costas), Foxlux (barra traseira) e Minds (barra da manga), além da Nike, que é fornecedora de material esportivo. Estima-se que, somados todos os valores que são pagos pelas empresas, a camisa passará a ter preço de cerca de R$ 65 milhões por ano, tornando-se uma das mais valiosas do Brasil.