Corinthians recusa oferta por Rodriguinho e tenta renovação para evitar prejuízo

  • Por Estadão Conteúdo
  • 27/01/2017 11h14
Rodriguinho pode aparecer como titular no clássico deste domingo contra o São Paulo

O Corinthians recusou uma proposta oficial do Fenerbahçe por Rodriguinho. Em reunião ocorrida na última quinta-feira, entre os representantes do jogador e dos dois clubes, a equipe turca formalizou uma oferta aos dirigentes corintianos, que mesmo ciente da possibilidade de perder o meia de graça, preferiram não aceitar o valor oferecido e querem sacramentar o quanto antes a renovação com o atleta. 

Rodriguinho tem contrato com o Corinthians até o final do ano, sendo que em junho já pode assinar um pré-contrato com outra agremiação e deixar o clube de graça quando encerrar seu vínculo Entretanto, o meia já conversa com o clube para tentar uma renovação de contrato e, embora exista um acordo verbal, ele não foi passado para o papel.

Preocupados com o assédio ao jogador, os dirigentes corintianos querem agilizar a renovação de contrato para evitar problemas futuros. A convocação para a Seleção Brasileira para o amistoso contra a Colômbia, na última quarta-feira, pode fazer com que a procura por clubes do exterior aumente ainda mais.

Nos bastidores, a diretoria não descarta fazer negócio pelo jogador. Entretanto, assegura ainda não ter recebido nenhuma proposta que realmente valesse a pena. O técnico Fábio Carille gosta bastante do meia e o considera uma das peças chaves para seu esquema tático. Por isso, a preferência no momento é priorizar sua renovação de contrato.

O Corinthians tem 50% dos direitos econômicos do atleta. A equipe do Capivariano detém 40% e o América-MG, ex-clube do meia, conta com 10%. Em decorrência da reunião com os turcos do Fenerbahçe, a diretoria alvinegra cancelou um outro encontro com os representantes de Jadson para tentar acertar seu retorno.

A expectativa é que a conversa ocorra nesta sexta-feira. Anteriormente, o clube adiou por quatro vezes o encontro, algo que tem deixado os representantes do atleta bastante incomodados Apesar da situação desconfortável, a diretoria alvinegra está muito otimista de que o acerto com o meio-campista ainda possa ocorrer.