Corinthians ‘repete’ 2013 e estreia com empate sem gols contra Atlético-MG

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2014 17h59

Atlético-MG e Corinthians não passaram de um empate por 0 a 0 na estreia

Folhapress Atlético-MG e Corinthians jogam em Uberlândia

Na tarde deste domingo (20), o Corinthians voltou a atuar depois de um bom tempo, já que sua última partida oficial foi ainda na primeira fase do Campeonato Paulista, no dia 23 de março, contra o Atlético Sorocaba, e sem ritmo de jogo, o clube de Parque São Jorge não passou em um empate sem gols contra o Atlético-MG, em Uberlândia (MG), na estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro.

Concorra ao livro “Libertadores – Paixão que nos une”

A sina de 2013, quando o Corinthians sofreu com muitos empates sob o comando de Tite e tinha dificuldades de marcar gols, voltou a dar as caras no primeiro compromisso do Timão no torneio nacional.

Na maior parte do tempo, os times tocaram muito a bola, mas sofreram com a marcação e não foram capazes de criar muitas oportunidades claras de gol.

As duas equipes voltam a entrar em campo pelo Brasileirão no próximo domingo (27). Às 16h (de Brasília), o Corinthians joga em casa contra o Flamengo. Mais tarde, às 18h30, o Atlético-MG visita o Grêmio, na Arena Grêmio.

O jogo – O primeiro tempo ficou marcado pelo jogo de toque de bola, mas as duas equipes sofreram com a marcação e tiveram poucas chances de gol. O Corinthians começou tentando pressionar o Atlético-MG, mas foi o Galo que deu o primeiro grande susto.

Aos 11 minutos, Diego Tardelli lançou Guilherme, que ficou cara a cara com o goleiro, bateu cruzado de canhota e viu Cássio defender e salvar o Corinthians.

O Corinthians chegou aos 15, quando Luciano foi lançado por Fábio Santos, mas Victor saiu do gol e viu a bola pegar no atacante antes de sair pela linha de fundo.

Aos 38 minutos, Ronaldinho Gaúcho cobrou falta, mas a bola pegou na barreira e saiu para escanteio. Na cobrança do tiro de canto, a bola foi levantada no primeiro pau, a bola foi desviada, mas pegou na rede pelo lado de fora.

O Corinthians ainda teve outra oportunidade aos 42 minutos, quando Petros carregou a bola, mandou uma bomba de fora da área, mas Victor espalmou e evitou o gol. O primeiro tempo terminou com placar inalterado.

No segundo tempo, o Atlético-MG não demorou a criar a melhor chance de gol da partida. Aos dez minutos, Ronaldinho deu passe na medida para Diego Tardelli, que ficou cara a cara com Cássio, mas mandou a finalização por cima do gol.

Cinco minutos após a chance de Tardelli, quem teve uma boa oportunidade foi Fernandinho, que foi lançado em condição legal, tentou driblar Cássio, mas o goleiro corintiano saiu do gol e agarrou a bola.

Aos 17, foi o Corinthians que criou uma grande chance, com Petros, que invadiu a área, cortou o zagueiro, mas bateu mal e mandou para fora.

No restante da partida, tanto Paulo Autuori quanto Mano Menezes tentaram mudar a postura de seus times em campo, realizando várias substituições, mas as equipes não conseguiram ser mais efetivas e o empate sem gols acabou sendo um resultado justo pelo futebol apresentado tanto por Atlético-MG quanto por Corinthians.