Corinthians segura vitória suada contra o Santa Fe e segue 100% na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2016 23h36
SP - LIBERTADORES/CORINTHIANS E SANTA FÉ - ESPORTES - O jogador Guilherme do Corinthians comemora gol durante a partida entre Corinthians e Santa Fé válida pela Copa Libertadores da América 2016 no Estádio Arena Corinthians em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (02). 03/03/2016 - Foto: RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOGuilherme foi o autor do gol solitário que deu a difícil e importante vitória do Corinthians contra o Santa Fe

A versão 2016 do Corinthians vem se destacando por não praticar o futebol vistoso do ano anterior (o que é compreensível), marcar poucos gols e, o que é mais importante, conseguir os resultados de que precisa. Diante do Santa Fe, na arena de Itaquera, nesta quarta-feira (02), não foi diferente. Com direito a grande atuação de Cássio e uma boa dose de emoção, o Timão venceu por 1 a 0 e conquistou sua segunda vitória em dois jogos na Libertadores.

O time brasileiro tentou se impor desde que a bola começou a rolar no gramado, usando marcação adiantada e pressão na saída de bola adversária. No entanto, na hora de criar jogadas, a dificuldade foi bem maior. A primeira grande chance só saiu aos 23 minutos e com colaboração da zaga rival: Tesillo se enrolou com a bola no meio de campo e possibilitou a Giovanni Augusto sair na cara do gol. O meia tentou encobrir o goleiro Zapata, mas Balanta tirou a bola do caminho das redes.

Após o susto, o Santa Fe, ao invés de se assustar, melhorou na partida. Com mais posse de bola, a equipe conseguiu chegar bem ao ataque aos 37 minutos, quando Gomez arriscou de fora da área e, com desvio em Felipe, obrigou Cássio a fazer grande defesa. Pouco depois, Seijas bateu forte e o goleiro corintiano defendeu com dificuldade.

Na volta do intervalo, a equipe colombiana começou assustando com cabeçada de Ibarguen que passou pouco acima do travessão. Depois de alguns momentos de mais equilíbrio, quem chegou ao ataque foi o Corinthians, e para definir. Pela direita, Fagner passou para Rodriguinho na linha de fundo cruzar na área, onde Guilherme apareceu no segundo pau para cabecear no canto e abrir o placar.

O Santa Fe passou a adotar postura mais ofensiva, o que deixou mais espaços em sua defesa. Mesmo assim, assustou a torcida alvinegra quando Seijas cruzou e Cássio quase deixou a bola escapar para Perlaza, que esperava um rebote. Em outro lance, o meia cobrou falta na área e Tesillo desviou de cabeça, obrigando Cássio a fazer grande defesa novamente. De resto, a pressão colombiana não resultou em grandes chances.

A vitória deixou o Corinthians com seis pontos no Grupo 8, dois a mais que o Cerro Porteño, segundo colocado. Já o Santa Fe segue com apenas um ponto, em terceiro. Na próxima rodada, a equipe colombiana viaja ao Chile para enfrentar o Cobresal, enquanto o Timão enfrenta o Cerro no estádio Defensores Del Chaco.