CPTM, SPTrans e CET montam esquema especial para GP do Brasil de F1

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2014 08h21

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 deve atrair cerca de 150 mil pessoas neste domingo na região do Autódromo, em Interlagos, na zona Sul de São Paulo.

Para isso CPTM, SPTrans e CET preparam esquema especial de trânsito e transporte público. A principal recomendação é que os torcedores optem por ir à corrida usando o transporte público, em especial os trens metropolitanos.

Os trens circularão em intervalos menores de cinco minutos e, após a corrida, os vagões sairão da estação Autódromo vazios para atender a demanda.

O gerente de relacionamento da CPTM, Sérgio de Carvalho Junior, destaca que a estação Autódromo fica a apenas 600 metros do local da corrida. Já para quem quiser ir de carro, o gerente de operações da CET, Valtair Valadão, alerta: o local mais próximo para estacionar fica a mil metros de distância. Bloqueios serão montados na avenida Interlagos, entre a Nações Unidas e a Praça Moscou, obrigando os moradores a usarem outros caminhos.

Para quem prefere ir de ônibus, a SPTrans vai disponibilizar expresso direto, com passagens a 30 reais.

Os expressos sairão das estações Trianon-Masp e Jabaquara, dos shoppings Interlagos e SP Market, do aeroporto de Congonhas e da praça da República. Os ônibus funcionarão das 6 da manhã à uma da tarde, na ida, e das três às sete da noite, na volta.