CR7 marca gol da vitória de Portugal sobre Armênia e quebra novo recorde

  • Por Agência EFE
  • 14/11/2014 20h58

Cristiano Ronaldo foi o autor do gol que deu a vitória a Portugal sobre a Armênia

Cristiano Ronaldo comemora gol de Portugal contra Armênia

Cristiano Ronaldo se tornou o maior artilheiro da história das fases de classificação e final da Eurocopa nesta sexta-feira ao marcar o gol da vitória de Portugal sobre a Armênia por 1 a 0, em jogo válido pelo grupo I das Eliminatórias da Euro 2016.

Foi a 23ª vez que o craque português balançou as redes em uma das etapas do torneio europeu, ultrapassando o antigo recordista, o dinamarquês John Dahl Tomasson, que anotou 22 gols na competição.

A vitória colocou Portugal na segunda posição da tabela, com seis pontos, um atrás da líder Dinamarca, que venceu a Sérvia por 3 a 1 e tem um jogo a mais que a equipe lusa.

Armênios e sérvios dividem a lanterna do grupo, com apenas um ponto. Já a Albânia, que não jogou na rodada, ocupa a terceira posição, com quatro pontos conquistados.

Apesar do resultado positivo, a seleção portuguesa teve muitas dificuldades durante a partida, mesmo jogando em casa. Com um forte esquema defensivo, a Armênia ameaçou mais, especialmente no primeiro tempo, quando conseguiu roubar a bola e encaixar vários contra-ataques, assustando a meta do goleiro Rui Patrício.

Com uma equipe cheia de modificações, entre elas o retorno dos veteranos Hélder Postiga e José Bosingwa, Portugal só conseguiu romper a retranca do adversário no segundo tempo.

E o gol foi sofrido. Aos 27 minutos da etapa final, Nani tabelou com Ricardo Quaresma, que tinha acabado de entrar. O meia-atacante do Porto chutou cruzado e o goleiro Berezovsky cortou mal para o meio. Nani pegou o rebote e tocou para Cristiano Ronaldo tocar para o gol.

O craque do Real Madrid poderia ter saído do jogo também com uma assistência, não fosse a falta de pontaria do atacante Éder. Aos 40, Ronaldo cruzou na medida para o artilheiro, que carimbou a trave da Armênia.