Cristaldo alerta time antes das quartas e diz: “nunca passou pela cabeça sair”

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2015 18h52

O atacante argentino Cristaldo disse que nunca pensou em sair do Palmeiras

Cristaldo

Grande nome do ataque do Palmeiras na atualidade, Cristaldo vem conquistando seu espaço no elenco em 2015. Nesta temporada, ele já soma seis gols marcados, sendo assim um dos líderes do ranking de goleadores do Verdão. Nesta terça-feira (7), o camisa 9 concedeu entrevista coletiva e falou sobre o bom momento vivido no clube, sobretudo depois de um ano de 2014 muito delicado.

“Nunca passou pela minha cabeça sair do Palmeiras, ainda mais pelo que aconteceu no ano passado (risco de rebaixamento no Brasileirão). Sou um cara que nunca desiste das coisas, tanto na vida quanto no jogo. Gosto de lutar pelas coisas que quero. Fomos muito mal no ano passado, e eu me propus a mudar a minha imagem neste ano e mostrar quem é o verdadeiro Cristaldo”, disse. “Sou muito agradecido à torcida do Palmeiras. Na temporada passada, quando não estávamos bem, ela sempre demonstrou um carinho por mim, tanto na rua quanto no estádio. Estou agradecido e espero devolver em dobro o apoio que estou recebendo”, prosseguiu.

O artilheiro destacou que, apesar de ser cobrado até pelos companheiros para finalizar mais, prefere pensar coletivamente.

“Às vezes o próprio companheiro diz que tenho de ser mais fominha, chutar para o gol, mas estou aqui porque o Palmeiras me contratou e o futebol é um jogo coletivo. O importante é ganhar. Para mim, não importa quem faz o gol. Fiquei contente com os gols do Dudu porque ele merecia, vale muito. Lógico que quero fazer gols, mas também fico muito feliz quando dou assistências”, frisou.

Por fim, Cristaldo fez um alerta para o Palmeiras antes do início da fase decisiva do Campeonato Paulista. Vale lembrar que o Verdão enfrenta o Botafogo-SP antes das quartas de final.

“Termina uma fase e começa o mata-mata, qualquer um que perder irá embora. Não importa o que fez na primeira fase porque no mata-mata teremos 90 minutos para passar de fase. O Palmeiras está bem, mas, se fizermos um jogo ruim nas quartas, ficaremos de fora. Ninguém falará que o Palmeiras ganhou do São Paulo jogando bem em casa, falarão que perdemos nas quartas”, finalizou o argentino.