Cristaldo ressalta que não teve “nenhuma dúvida” para fechar com Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2014 14h56

O atacante Jonatan Cristaldo foi apresentado no Palmeiras e elogiou bastante o time

Jonatan Cristaldo é apresentado no Palmeiras

O Palmeiras apresentou oficialmente, nesta quinta-feira (14), o atacante Jonatan Cristaldo, que veio do Metalist, da Ucrânia. O atleta é o quarto argentino contratado e se junta aos compatriotas Fernando Tobio, Agustín Allione e Pablo Mouche.

O atacante frisou que conversou com Tobio antes de assinar contrato com o alviverde de Palestra Itália. “É um prazer estar no Palmeiras, porém foi um pouco complicada a negociação com o clube em que eu estava antes. Pude falar com o Tobio, pois somos muitos amigos. Ele me explicou um pouco como era o Palmeiras. A negociação foi um pouco dura porque a equipe ucraniana resistiu bastante. Mas, desde que me falaram que o Palmeiras estava interessado em mim, foi um privilégio. É um clube de muita história, e não tive nenhuma dúvida”, declarou.

Cristaldo, que tem vínculo de quatro anos com o Verdão, falou um pouco de suas características dentro de campo.

“Sou um atacante que pode jogar como um centroavante ou como um segundo atacante. Gosto de proteger a bola e encarar os defensores. Sou um atacante baixo, mas um pouco forte. Um atacante que tem a 9 tem de ser a referência da equipe, marcar gols e ajudar os companheiros. Me entrego muito dentro de campo”, falou.

Em seu tempo de Vélez Sarsfield, Jonatan Cristaldo trabalhou com o técnico Ricardo Gareca e ele gosta bastante do comandante: “trabalhei dois anos com o Ricardo. Antes de tudo, me surpreende muito a capacidade de como ele trata os jogadores. Ele é muito inteligente, um técnico que respeita os jogadores e o corpo técnico, tanto que ganhou tudo no Vélez”.

Ainda sem saber se poderá estar em campo já neste domingo (17), no clássico contra o São Paulo, Cristaldo deixou claro que está preparado caso seja escalado e elogiou o bom ambiente de trabalho no Palmeiras.

“Me sinto em casa, o grupo me recebeu muito bem. Em meu primeiro dia, me receberam muito bem, fiquei muito cômodo. Eu já conhecia o Tobio e o Pablo (Mouche), além do Allione. Me surpreendeu o fato de o Palmeiras ter muitas pessoas boas”, finalizou.

Atualmente com 25 anos de idade, Cristaldo já passou por Vélez Sarsfield, Metalist e Bologna antes de desembarcar no alviverde paulista.