Cristiano Ronaldo, Figo e Mourinho lamentam morte de Eusébio

  • Por EFE
  • 05/01/2014 09h39
Eusébio

As maiores personalidades atuais do futebol de Portugal lamentaram neste domingo a morte do ex-jogador Eusébio, aos 71 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

No Twitter, Cristiano Ronaldo e Luís Figo postaram fotos ao lado do “Pantera Negra”, que nasceu em Moçambique e brilhou com as camisas de Benfica e da seleção portuguesa nos anos 60 e 70, especialmente na Copa do Mundo de 1966, da qual foi o artilheiro.

“Sempre eterno. #Eusebio, descanse em paz”, disse Cristiano Ronaldo na rede social, enquanto Figo postou: “O Rei. Grande perda para todos nós. O maior”.

Já o técnico José Mourinho, em entrevista à rede de televisão “RTP”, classificou Eusébio como “imortal” e “uma das grandes figuras de Portugal”.

“Eusébio e Amália (Rodrigues, fadista) são grandes senhores de Portugal, continuo a vê-los nessa perspetiva. Acho que são imortais, todos sabemos o que ele significa para o futebol e, em especial, para o futebol português”, declarou.

Para o treinador do Chelsea, Eusebio foi “uma referência importante por sua visão do futebol, seus valores, seus princípios, suas emoções ao longo de toda a sua carreira”.

“Foi uma referência importante, naquilo que foi no futebol, em valores, princípios e sentimentos mesmo depois de terminar sua carreira. Era de uma geração diferente, mas se quiséssemos estabelecer um paralelo com o futebol de hoje, estaria à altura dos melhores. Se tivesse agora 20 ou 30 anos, teria tido um nível assombroso”, disse Mourinho. EFE