Cruyff se emociona com “homenagem” de Messi em cobrança de pênalti

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2016 17h09

Cruyff diz que Holanda tem uma equipe muito jovem e que pode sentir a pressão

Ídolo do Barcelona e da seleção holandesa

No último domingo, Messi surpreendeu os adversários do Celta de Vigo e os espectadores de todo o mundo ao, invés de chutar para o gol, rolar a bola para Luís Suárez marcar o quarto gol do Barcelona na partida. Muitos também lembraram uma cobrança parecida feita por Johan Cruyff, também ídolo blaugrana, fez em 1982, quando jogava pelo Ajax.

“O que Messi fez me emocionou. Não sei se ele viu a jogada, mas se alguém pode fazer algo assim é ele. Em seguida vi que falavam do meu pênalti. É uma alegria que se recordem de você depois de tantos anos. É bonito, são coisas que o futebol nos dá”, comentou Cruyff em entrevista ao jornal El Periódico de Catalunya. A diferença entre os dois é que, na cobrança do holandês, ele recebeu de volta a bola do companheiro para marcar o gol.

Para o holandês, não é possível dizer que houve desrespeito por parte dos jogadores do Barcelona. “Como pode ser falta de respeito? Naquela época, essa ideia não passou pela cabeça de ninguém. Não tem nenhum sentido. É o futebol, é algo divertido, diferente, e o futebol é isso, diversão, um jogo. E é o que faz Messi, divertir-se e fazer com que a gente se divirta”, concluiu Cruyff.

Veja, abaixo, os dois lances.