Cyborg pede chance de fazer ‘luta mais violenta do MMA’ com Ronda

  • Por Jovem Pan
  • 02/08/2015 14h07
Cris Cyborg é campeã do Invicta FC e se tornou uma grande rival de Ronda Rousey

A adrenalina de Ronda Rousey mal tinha baixado após vitória arrasadora sobre Bethe Correia, na noite deste sábado (01), e outra lutadora brasileira já se colocou a disposição do UFC para enfrentar a americana. Logo após o nocaute de Ronda, que precisou de 34 segundos para derrubar Bethe, a brasileira Cris Cyborg, atual campeão do Invicta FC, foi às redes sociais para reforçar seu desejo de lutar com a rival.

“Minha próxima luta é 140lbs, então eu espero que nós tenhamos uma chance de dar aos fãs do WMMA uma luta mais violenta na história do MMA”, escreveu Cyborg.

Ronda e Cris sempre trocaram farpas e a brasileira afirmou diversas vezes que venceria a americana. O que impediu a luta de acontecer anteriormente, porém, foi o peso de Cyborg. Enquanto Cyborg luta na categoria dos penas (65 kg), Rousey é dona do cinturão dos galos do UFC (até 61 kg). Após Cyborg afirmar que está baixando o peso, o presidente do UFC, Dana White, indicou que a luta deve acontecer e só depende da desafiante.

“A questão da Cyborg é complicada. Todos estão prontos para essa luta, mas Cyborg precisa bater o peso. Ronda veio no Brasil e ganhou a torcida. Se eu fosse Cyborg, estaria cortando o peso agora. Essa luta vai acontecer assim que Cyborg estiver pronta”, disse o mandatário do Ultimate. “Se eu fosse Cyborg, tentaria subir no octógono e dizer que ela é a próxima. A luta está aí. Mas eu não a vejo fazendo as coisas suficientes para fazer essa luta”, completou Dana.