Da Suíça, Romário afirma que não é dono de dinheiro e brinca: “chateado”

  • Por Jovem Pan
  • 29/07/2015 10h18
Acusado de ser dono de dinheiro não declarado na Suíça

Apontado pela revista Veja como dono de uma conta milionária na Suíça, o ex-jogador, hoje senador, Romário foi até Genebra para comprovar que o dinheiro não declarado não é seu. Por meio de publicação em seu Instagram, o baixinho ironizou a situação e destacou sua seriedade.

“Galera, bom dia! Chateado! Acabei de descobrir aqui em Genebra, na Suíça, que não sou dono dos R$ 7,5 milhões. Aguardem mais informações… Agora, aqueles que devem, podem começar a contar as moedinhas, porque a conta vai chegar de todas as formas. Eu não finjo ser decente, não faço de conta ser sério e pareço ser correto. Eu sou!!!”, escreveu o ex-camisa 11.

Segundo a publicação da Veja, são R$7,5 milhões em nome do hoje senador no banco suíço BSI, que não foram informados por Romário na última declaração enviada à Justiça Eleitoral em 2014. Após a denúncia, Romário fez questão de esclarecer a situação e afirmou que, embora o dinheiro pudesse ser dos tempos em que atuou na Europa, estranhava o período da aplicação.