Pressionado, Dana White anuncia cancelamento do UFC 249

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2020 22h01 - Atualizado em 09/04/2020 22h01
Instagram/ReproduçãoDana White, o presidente do UFC
Depois de ser criticado pela imprensa internacional, o chefe do UFC, Dana White, anunciou que o UFC 249 está cancelado. O evento estava programado para dia 18. O dirigente também revelou que todas as lutas estão adiadas por tempo indeterminado por causa da pandemia de coronavírus.
“Hoje (quinta-feira), recebemos uma ligação do nível mais alto possível da Disney e do nível mais alto da ESPN (donos dos direitos de transmissão nos Estados Unidos). Os poderes de lá me pediram para recuar e não fazer este evento no sábado que vem”, afirmou White. Ele anunciou o card completo do evento há três dias – o evento seria disputado em uma ilha privada, onde os lutadores chegariam em avião fretado, após serem submetidos a testes para covid-19.

Dana White afirmou que vai recompensar os lutadores que tinham lutas agendadas. “Todos os meus lutadores que estão sob contrato comigo, quero que se sintam seguros, passem tempo com suas famílias e aproveitem este tempo. Não se preocupem com a parte financeira disso. Vão receber as lutas do seu contrato e vou ajeitar tudo com as pessoas que estavam dispostas a lutar em 18 de abril. Ninguém vai ser demitido no UFC. Seremos o primeiro esporte a voltar.”

O UFC 249 contaria com três brasileiros: Jéssica Bate-Estaca, Ronaldo Jacaré e Vicente Luque. A luta principal envolveria Tony Ferguson e Justin Gaethje, pelo título interino dos leves.

* Com Estadão Conteúdo