De patinho feio a sensação! Diniz vira novo “queridinho” do futebol brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2016 12h24

Fernando Diniz se transformou no novo "xodó" do futebol pentacampeão mundial de futebol

Fernando Diniz se transformou no novo "xodó" do futebol pentacampeão mundial de futebol

O sucesso do Audax, finalista do Campeonato Paulista de 2016, não tem provocado comoção apenas pelo fato de um time pequeno superar gigantes e se intrometer na briga pelo título estadual mais importante do Brasil. Outro motivo explica tamanha repercussão acerca do desempenho do time de Osasco: a tal da filosofia de jogo seguida à risca por cada atleta do clube desde 2013. 

O time resiste ao máximo a dar chutões, toca a bola com precisão poucas vezes vista no futebol brasileiro nos últimos anos e envolve os adversários com uma proposta ousada e agradável. Os jogadores do Audax trocam de posição com absurda naturalidade, alternam marcações diversas vezes em uma mesma partida e dão um show de intensidade tanto no ataque quanto na defesa. 

O responsável por isto? Fernando Diniz. Ex-jogador de qualidade questionável, o jovem treinador de 42 anos superou desconfianças de imprensa e público para se tornar o novo queridinho do esporte bretão brasileiro. Diniz virou sinônimo de técnico corajoso, trabalhador e surpreendente. O País pentacampeão mundial de futebol deixou os preconceitos de lado para aplaudir a audácia do técnico do Audax. 

Você ainda duvida disto? Então acompanhe, abaixo, a matéria especial feita pelo repórter André Ranieri, que vai ao ar no Plantão de Domingo, da Rádio Jovem Pan. Ela comprova a meteórica ascensão de Fernando Diniz, um dos treinadores mais elogiado do futebol brasileiro em 2016.