De Serginho a Everton Costa: relembre jogadores com problemas cardíacos

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2015 10h58
Montagem jogadores com problemas cardíacos

Na última quarta-feira, o atacante Everton Costa, ex-Vasco, Santos e Coritiba decidiu abandonar a carreira de jogador de futebol. O motivo do término são problemas cardíacos, que causaram um arritmia cardíaca em 2012. Além de Everton,outros jogadores também sofreram com problemas ligados ao coração e tiveram que interromper ou sair do futebol.

Washington

Seis anos após ser diagnosticado com diabetes, o atacante Washington descobriu, em um exame de rotina, uma obstrução parcial de uma das artérias do seu coração. O Coração Valente resolveu o problema, que poderia tirá-lo dos gramados para sempre. Porém, pouco tempo depois, aos 35 anos, Washington decidiu encerrar a carreira. 

Renato Abreu

Quando atuava pelo Santos, em 2012, o meia Renato Abreu, ex-Flamengo, precisou de uma cirurgia para resolver um problema de arritmia cardíaca. Após dois meses de recuperação, o jogador voltou aos campos atuando pelo Santos e retornando ao Flamengo. Atualmente, o meia está sem clube.

Doni

Ém 2013, foi a vez do goleiro Doni abandonar os gramados. Com passagens por Corinthians, Juventude, Cruzeiro, no Brasil e Roma e Liverpool, no exterior, o arqueiro foi diagnosticado com arritmia cardíaca. Em 2010, quando jogava pelo Liverpool, em um exame de pré-temporada, o coração do goleiro ficou sem bater por 25 segundos.

Fabrício Carvalho

Atualmente na Cabofriense, Fabricio Carvalho foi diagnosticado com arritmia cardíaca em 2005. Após dois anos longe do futebol, trabalhando como cantor gospel, o atacante resolveu voltar aos gramados. 

Serginho

No último mês de outubro, completou-se dez anos da morte do ex-zagueiro Serginho. Em 2004, durante partida disputada entre São Caetano, seu clube, e São Paulo o jogador sofreu uma parada cardiorrespiratória. Uma hora depois, no hospital, o atleta não resistiu e faleceu.