Decisão unânime e nocaute; relembre últimas lutas de Weidman e Belfort

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2015 09h16
Vitor Belfort e Chris Weidman venceram suas últimas lutas contra Dan Herderson e Lyoto Machida respectivamente

Depois de ser adiada em três oportunidades, a luta entre Chris Weidman e Vitor Belfort, que colocará em jogo o cinturão dos pesos-médios, finalmente acontecerá. Esperado desde o primeiro semestre de 2014, quando Belfort teve que se afastar dos octógonos após suspensão do uso do TRT, o combate acontecerá no próximo sábado (23), em Las Vegas, no UFC 187.

O tempo esperado para que o duelo finalmente aconteça faz com que a expectativa em torno do evento seja ainda maior. Em comum, Weidman e Belfort têm, além do longo período sem lutar (especialmente o brasileiro), vitórias em suas últimas lutas. Enquanto o americano vem de vitória por decisão unânime sobre outro brasileiro, Belfort vem de nocaute em um americano.

Campeão dos médios, Weidman lutou pela última vez em 5 de julho, quando fez sua segunda defesa de cinturão enfrentando Lyoto Machida (que substituiu Belfort no UFC 175). Em uma grande luta que durou os 5 rounds, o americano não deu espaços para os famosos contra-ataques de Machida, e dominou os três primeiros rounds do combate. O brasileiro cresceu nos momentos finais da luta, foi melhor no 4º e 5º rounds, tentou pressionar o americano que aguentar o sufoco e, por decisão unânime dos jurados, venceu a luta e manteve a posse do cinturão.

Já Belfort está a mais tempo sem subir ao octógono. O Fenômeno lutou pela última vez em novembro de 2013, quando venceu o veterano americano Dan Henderson, no UFC Goiânia. O duelo marcou a revanche entre os dois experientes lutadores (Belfort perdeu para Henderson em 2006, no extinto Pride), e Belfort deu show. Com pouco mais de 1 minuto do primeiro round, o brasileiro aproveitou um contra-ataque e derrubou Hendo. Com o oponente no chão, Belfotr tentou aplicar uma sequência de golpes. Quando o americano conseguiu se levantar, o Fenômeno aproveitou a oportunidade e o atingiu com um belíssimo chute de perna esquerda que encerrou a luta. Nocaute de Belfort, que se credenciava de vez para disputar o cinturão dos médios.

Assista ao nocaute de Belfort sobre Henderson: