Deixado de lado por Scolari, Filipe Luis não desiste de estar na Copa

  • Por EFE
  • 16/03/2014 15h43
Filipe Luis critica falta de equilíbrio do Campeonato Espanhol

Um dos únicos campeões da Copa das Confederações que não foi convocado para a seleção brasileira após o torneio, em junho do ano passado, ao lado do meia Jádson, o lateral-esquerdo Filipe Luis garantiu neste domingo que ainda sonha participar da Copa do Mundo, mas que respeita as decisões do técnico Luiz Felipe Scolari.

“Quero estar na Copa. Jogo e sonho todos os dias pensando nisso, mas tenho que respeitar meus companheiros que estão agora, como Marcelo. Todos são grandes laterais, e quem for terá merecido”, disse o lateral em entrevista após a vitória sobre o Espanyol por 1 a 0 neste sábado, pelo Campeonato Espanhol.

Filipe se derreteu em elogios ao companheiro de equipe Diego Costa, autor do gol do triunfo do Atlético no estádio Vicente Calderón, e comparou seu caráter decisivo ao do argentino Sergio Agüero, que jogou pelo Atlético de 2006 a 2011 e desde então defender o Manchester City.

“Cada vez que o jogo está um pouco complicado, ele sempre consegue uma chance de gol. Me lembra o melhor Sergio Agüero. Em alguns momentos a partida estava muito apertada, e o Kun chegava e fazia uma jogada e criava uma chance. Diego é assim e mais, e muitas vezes o jogo está apertado e ele tira uma chance de gol da cartola. A equipe está muito feliz por contar com ele, e tomara que continue assim, nesse nível, porque pode fazer algo grande na carreira”, elogiou.

O Atlético é o vice-líder do Espanhol, com 67 pontos, três a menos que o Real Madrid e um a mais que o Barcelona, terceiro colocado. O brasileiro considera a equipe de Carlo Ancelotti é a melhor do campeonato no momento, mas não joga a toalha.

“O melhor time da Espanha, atualmente, é o Real Madrid. Eles demonstraram isso e não são líderes por acaso. Nós, com muita humildade, tentaremos continuar aí. Continuar em cima é o mais complicado, a cada partida que vamos jogar a tensão aumenta, e os adversários sabem como nos enfrentar, sabem que temos que vencer, e tudo fica muito difícil”, comentou.

No próximo domingo, Real e Barça se enfrentarão no Santiago Bernabéu. Filipe Luis preferiu não manifestar torcida para algum dos lados e enfocar o jogo contra o Betis, no mesmo dia.

“O mais difícil é vencer o Betis, mas desejo que no clássico aconteça o melhor para nós. Não sei se, nesse caso, é que o Barcelona vença, mas dá no mesmo, nós temos que pensar em nosso jogo”, ponderou.